busin
Politíca

Vereador Rosálio Amorim tem mandato cassado em Barbalha


O vereador Rosálio Francisco de Amorim (PTN), de Barbalha, teve seu mandato cassado em primeira instância pelo Ministério Público Eleitoral (Foto: Silva Neto)

O vereador Rosálio Francisco de Amorim (PTN), de Barbalha, teve seu mandato cassado em primeira instância  pelo Ministério Público Eleitoral por decisão do juiz Luís Antônio Macedo Cruz. Ele foi acusado de compra de votos durante as eleições do ano passado. A decisão Cabe recurso.

Rosálio ficou conhecido durante a campanha pelo bordão "me ajude", onde pedia o apoio e o voto da população pare que chegasse até a Câmara Municipal. Ele foi o candidato com votação mais expressiva na campanha, com 1401 votos.

A cassação do seu mandato em primeira instância ocorreu após denúncia de compra de votos, ou nos termos do Direito, Captação Ilícita de Sufrágio. Nos autos do processo consta  que o então candidato distribuiu tijolos aos moradores da Vila Mirim, zona rural de Barbalha, na estrada que liga o Distrito do Caldas ao Arajara. O material seria entregue aos eleitores em troca de votos.

Adriana Santana, moradora do local, confessou que recebeu 500 tijolos em nome de Rosálio Francisco, para que ela e sua família votassem no candidato. 

Caso entre com recurso dentro do prazo, o vereador poderá permanecer no cargo até o julgamento definitivo do TRE.

Com colaboração de Giberto Timoteo

 



Por Felipe Azevedo/Agência Miséria
Miséria.com.br

Fagner Soares

0 comentários:

Postar um comentário