busin
Policia

Mulher é assassinada a tiros de pistola em Missão Velha três meses após o seu filho


Maria José ainda tentou correr para fugir da linha de tiros e tombou morta num batente de sua casa (Foto: Reprodução/Redes Sociais)


Um homicídio foi registrado na tarde desta quinta-feira em Missão Velha se constituindo no segundo do mês de abril e o oitavo do ano no município. Por volta das 16h30min a doméstica Maria José da Silva, de 60 anos, estava sozinha em sua residência no Distrito de Missão Nova quando chegaram dois homens usando capacetes os quais adentraram o imóvel. Um deles sacou uma pistola calibre 380 e efetuou quatro disparos.

A vítima ainda tentou fugir da linha de tiros correndo, mas tombou já sem vida num batente da porta. A polícia foi acionada e patrulhas comandas pelo Sargento J. Carlos com o apoio dos Sargentos Wagner, Roberto e Lima e os Soldados Duarte, F. Filho e Nascimento estiveram no local. Diligências foram feitas, mas ninguém foi preso até o momento. Existem comentários que ela teria dito à pessoas próximas que pretendia vingar o assassinato do filho José Eduardo Brito Silva, de 19 anos, o “Dudú”, morto a tiros no dia 20 de janeiro na estrada de acesso ao Sítio Quimami.

Esta foi a sétima mulher morta este ano na região do Cariri e a segunda em Missão Velha. A outra foi Maria Leuzanira de Sousa, de 70 anos, e a golpes de machado na cabeça no dia 7 de fevereiro. O crime aconteceu no Sítio Saco e teve como autor o seu próprio companheiro Cícero Silvestre da Silva, de 53 anos. Na Delegacia, ele disse que alguns homens estavam rodeando sua casa para matá-lo e tentou afugentá-los quando, só depois, notou que tinha atingido sua mulher na cabeça.


Por Demontier Tenório
Miséria.com.br

Fagner Soares

0 comentários:

Postar um comentário