busin
Mundo

Trump avisou Xi sobre ataque à Síria enquanto comiam bolo de chocolate


No momento do ataque, Trump participava de um jantar com Xi no resort de Mar-a-Lago, em Palm Beach, na Flórida (Foto: Reprodução/Notícias ao Minuto)


O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, descreveu em entrevista à emissora Fox Business News, transmitida nesta quarta-feira (12), o momento em que avisou o presidente da China, Xi Jinping, sobre os bombardeios contra uma base aérea na Síria.

Os ataques americanos contra o regime sírio ocorreram na última quinta-feira (6) à noite, madrugada de sexta (7) na Síria. Trump ordenou os bombardeios após ver imagens de civis sofrendo os efeitos de agentes tóxicos após um bombardeio supostamente ordenado pelo ditador Bashar al-Assad -ele nega ser responsável pelo ataque.

No momento do ataque, Trump participava de um jantar com Xi no resort de Mar-a-Lago, em Palm Beach, na Flórida. Segundo o relato de Trump, os dois estavam comendo sobremesa ("o pedaço de bolo de chocolate mais lindo que você já viu") quando ele avisou o líder chinês sobre os bombardeios.

Segundo o republicano, Xi ficou sem reação em um primeiro momento e pediu que seu tradutor repetisse a informação, mas que depois teria ficado "OK" com os bombardeios.

Leia, abaixo, o trecho da entrevista em que Trump fala sobre seu encontro com Xi.

"Eu estava sentado na mesa. Nós tínhamos terminado o jantar. Nós estávamos comendo a sobremesa. Nós estávamos comendo o pedaço de bolo de chocolate mais lindo que você já viu [mostrando com as mãos o tamanho do pedaço], e o presidente Xi estava gostando.

Eu recebi a mensagem dos generais de que os navios estavam preparados, o que você quer fazer? E nós ordenamos o ataque, então os mísseis estavam a caminho.

E eu falei: senhor presidente, deixe-me explicar-lhe uma coisa. Isso foi durante a sobremesa. Nós acabamos de lançar 59 mísseis, que, por sinal, inacreditavelmente, a centenas de milhas de distância, todos atingiram o alvo, incrível.

É muito incrível. É brilhante. É genial. Nossa tecnologia, nosso equipamento, é melhor que o de qualquer um multiplicado por cinco. Eu digo, olha, nós temos, em termos de tecnologia, ninguém nem chega perto de competir.

(...) (A entrevistadora pergunta a Trump qual foi a reação de Xi Jinping.)Daí ele parou por dez segundos e depois perguntou ao intérprete que por favor repetisse. Eu pensei que aquilo não era um bom sinal. Aí ele me falou, qualquer um que use gases -você pode quase dizer ou qualquer outra coisa- mas qualquer um que fosse tão brutal e usasse gases para fazer aquilo contra crianças e bebês, é OK.Ele ficou OK com isso [os bombardeios contra a Síria]. Ele ficou OK".

Noticiasaominuto

Fagner Soares

0 comentários:

Postar um comentário