busin
Esportes

Além do futebol! Chapecoense completa 44 anos nesta quarta-feira

Neste 10 de maio de 2017, a Chape vive um dia histórico, que traduz a redenção que o esporte pode proporcionar


Chapecoense. Um nome que pode resumir a força do futebol como elemento de união entre os povos. Após a tragédia que tirou 71 vidas no fim do ano passado, o mundo deu as mãos em solidariedade à Chapecoense e a todos os envolvidos com o voo. Neste 10 de maio de 2017, a Chape vive um dia histórico, que traduz a redenção que o esporte pode proporcionar. No mesmo dia em que completa 44 anos de fundação, o Verdão do Oeste finalmente entrará em campo para enfrentar o Atlético Nacional, em Medellín, em um encontro que ultrapassou todas as barreiras do futebol.

Afinal, foi no Atanasio Girardot que o povo colombiano estendeu as mãos aos brasileiros, demonstrando compaixão, amor e solidariedade. Foi do Atanasio Girardot que saiu a decisão de abrir mão do título da Copa Sul-Americana de 2016 e entregá-la à Chape. E será neste mesmo estádio que Chape e Atlético Nacional decidirão a Recopa Sul-Americana.



Chapecoense. Um nome que pode resumir a força do futebol como elemento de união entre os povos. Após a tragédia que tirou 71 vidas no fim do ano passado, o mundo deu as mãos em solidariedade à Chapecoense e a todos os envolvidos com o voo. Neste 10 de maio de 2017, a Chape vive um dia histórico, que traduz a redenção que o esporte pode proporcionar. No mesmo dia em que completa 44 anos de fundação, o Verdão do Oeste finalmente entrará em campo para enfrentar o Atlético Nacional, em Medellín, em um encontro que ultrapassou todas as barreiras do futebol.
PUB
Afinal, foi no Atanasio Girardot que o povo colombiano estendeu as mãos aos brasileiros, demonstrando compaixão, amor e solidariedade. Foi do Atanasio Girardot que saiu a decisão de abrir mão do título da Copa Sul-Americana de 2016 e entregá-la à Chape. E será neste mesmo estádio que Chape e Atlético Nacional decidirão a Recopa Sul-Americana.
Parabéns à Chapecoense, um time que mostrou que o futebol é muito maior do que o limite das quatro linhas do gramado. E um clube que mostrou que sempre há caminhos para se escrever uma nova história. (Em memória dos 71 falecidos no acidente aéreo de Medellín, em 29 de novembro de 2016). Com informações da CBF.
Noticias ao Minuto

Fagner Soares

0 comentários:

Postar um comentário