busin
Nordeste

Celular é o presente do Dia das Mães mais desejado pelos recifenses


Comércio no Centro do Recife fica intenso com as compras de fim de ano (Foto: Reprodução/G1)


Às vésperas do Dia das Mães, segunda data mais importante para o comércio no Brasil, perdendo apenas para o Natal, o Procon de Pernambuco (Procon-PE) realizou uma pesquisa para selecionar os 97 itens mais procurados pelas pessoas que vão festejar no domingo (13). Com opções em diversos setores, os preços dos produtos variam entre R$ 20 e R$ 1.499, em shoppings da Zona Sul do Recife. Os celulares lideram a lista de objetos mais desejados pelos consumidores.

A pesquisa foi realizada na segunda (8) e terça-feira (9). Segundo o órgão de defesa do consumidor, os celulares são os itens mais caros da lista. Os modelos variam entre R$ 299 e 1.499, em lojas dos shoppings RioMar e Recife, no Pina e em Boa Viagem, respectivamente. A pesquisa foi dividida nas categorias cosméticos e perfumaria, acessórios de beleza, eletrodomésticos e eletro portáteis, aparelhos celulares e flores.

Nos acessórios de beleza, as opções mais populares são secador de cabelo, prancha, chapinha e outras equipamentos para cabelos. No setor de eletro, a lista traz liquidificadores, batedeiras, cafeteiras, sanduicheiras, aspiradores de pó e forno microondas. Na área de perfumaria, foram pesquisados colônias individuais e os kits, que incluem perfume e mais algum item cosmético.

Uma das opções mais baratas e mais variadas é o setor de flores, em que é possível comprar orquídeas - uma das espécies mais procuradas - a partir de R$ 20.

Para ter acesso à pesquisa, o consumidor pode enviar um email para pesquisasproconpe@gmail.com e solicitar o arquivo, que contém os 97 itens, os preços e as lojas em que foram encontrados os produtos.

Expectativa do comércio

No ano em que o governo federal liberou os saques das contas inativas do Fundo de Garantia Por Tempo de Serviço ( FGTS), as compras para o Dia das Mães em 2017 prometem trazer um alívio ao comércio no Grande Recife. A previsão da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) Recife é de aumento de 3% nas vendas. A estimativa foi feita com base no comparativo com 2016, quando houve queda de cerca de 4,5% em relação a 2015.

Uma pesquisa da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Pernambuco (Fecomércio) aponta que 74% dos consumidores do Recife e Região Metropolitana pretendem festejar a data, em 2017. No ano anterior, no entanto, o índice chegou a 77%. No levantamento, que foi publicado no site do órgão, foram entrevistados consumidores e empresários/gestores do comércio e serviços de alimentação, em oito municípios.

A pesquisa traz como principais motivos para a queda o declínio no nível de emprego, acompanhado da desvalorização real do rendimento do trabalho. A compra de presentes para o Dia das Mães se manteve predominante como principal jeito de lembrar a data, escolha de 79,1% dos consumidores entrevistados no Grande Recife, contra 79,9%, em 2016. O valor médio gasto na compra deve ser de de R$ 177, segundo a sondagem, contra os R$ 194, em 2016.

G1

Fagner Soares

0 comentários:

Postar um comentário