busin
Cariri

DEMUTRAN intensifica fiscalização nas vagas de estacionamento destinadas a idosos e deficientes


(Foto: Roberto Bulhões)

Procurando cumprir a Lei e obedecendo as recomendações do Ministério Público, o Departamento Municipal de Trânsito, (DEMUTRAN) de Juazeiro do Norte, está intensificando a fiscalização nas vagas dos estacionamentos destinadas a idosos e deficientes. Mesmo com as multas no valor de R$ 293,47, e sete pontos na carteira de habilitação, muita gente não tem se preocupado com a situação e ocupam diariamente essas vagas preferenciais. Algumas dessas vagas, especialmente na Praça Padre Cícero, são até “reservadas” pelos “flanelinhas” que ali fazem ponto, colocando papelão no para-brisa dos veículos.

Para estacionar de forma regular nas vagas destinadas aos idosos e deficientes, as pessoas que se enquadram nestes perfis devem solicitar uma credencial na sede do DEMUTRAN de sua cidade. Basta levar um documento de identidade, comprovante de residência e atestado de deficiência, no caso de ser uma pessoa deficiente, ou ser idoso a partir de 60 anos. Estacionar sem o cartão de autorização, mesmo sendo deficiente ou idoso, o motorista está passivo de ser multado. A exigência do cartão está prevista no Código Nacional de Trânsito (CONTRAN).

Nesta quarta-feira, na parte da manhã, os agentes do DEMUTRAN em Juazeiro do Norte começaram a fechar o cerco nas vagas de estacionamentos de idosos e deficientes, procurando diminuir os abusos. Segundo o diretor do DEMUTRAN, José Pedro Cipriano, mesmo com toda orientação desde o inicio do ano, muitos motoristas continuam abusando e utilizando as vagas preferenciais, inclusive colocando o cartão do Zona Azul como se ali fosse uma vaga comum. Cipriano assegura que “as vagas destinadas aos idosos e deficientes terão uma maior fiscalização, tanto nas ruas e avenidas de Juazeiro, como no Cariri Shopping, Atacadão Assai, Max Atacadão e Bom Preço”.


Por Roberto Bulhões/Agência Miséria
Miséria.com.br

Fagner Soares

0 comentários:

Postar um comentário