busin
Politíca

Em enquete, leitores apontam como "péssima" atuação dos vereadores de Juazeiro do Norte


Vereadores na Câmara Municipal de Juazeiro do Norte (Foto: Segundo Filmagens)

Após seis meses da atual gestão municipal, o Site Miséria inicia uma série de amostragens que, com a participação dos leitores, irá traçar a avaliação da atuação das Câmaras de Vereadores das principais cidades do Cariri. A ideia central é saber qual a opinião pública em relação ao trabalho do Poder Legislativo Municipal no primeiro semestre deste ano. 

Juazeiro do Norte foi a primeira cidade a ser avaliada. Entre cinco opções de avaliação de desempenho, 68,75% dos leitores classificaram a atuação dos parlamentares como "péssima". Julgam como um desempenho "ruim" 23,21% dos internautas. Já a avaliação de que a Câmara executa um trabalho "regular", representa 5,36% dos votos. A opção "ótimo" recebeu 1,79% das indicações e, por fim, 0,89% dos participantes que classificou como "bom".

O presidente da Câmara, vereador Glêdson Bezerra (PMN), afirmou que discorda do resultado. O parlamentar - que está no terceiro mandato - , refuta que a resposta que costuma ouvir da população em relação ao trabalho da Casa, é positiva. Glêdson acredita, porém, que o resultado da pesquisa reflete o atual cenário político dentro de uma conjuntura geral. 

Já a vereadora Jaqueline Gouveia (PRB), em seu primeiro mandato, atribui o resultado final da enquete à atual crise política e inclui os eleitores como parte do problema. Segundo Jaqueline, é comum que eleitores a procurem pedindo favores: "eu já fui procurada para pagar contas de luz e água das pessoas, e não acho isso certo". A vereadora finaliza dizendo que, após eleita, se decepcionou ao conhecer de perto os trabalhos na função. 

Em seu quarto mandato como vereador, Tarso Magno (PRP) concorda que os trabalhos realizados na Câmara ainda deixam a desejar. Segundo Tarso, o valor mensal de R$ 1,152 milhões pago de duodécimo é muito alto, tendo pouco retorno para a população. O parlamentar também destaca a atuação do presidente Glêdson Bezerra em feriado de Corpus Christi deste ano. "Nós temos apenas duas sessões por semana, já que uma caiu no feriado, o presidente deveria ter adiantado o encontro ou aberto uma portaria determinando que a sessão seria mantida nesta data", argumentou.

As enquetes realizadas pelo Site Miséria contam única e exclusivamente com a participação dos leitores. Todos os resultados obtidos após a amostragem são reflexo da opinião dos internautas que acessam o portal e participam da amostragem.



Por Felipe Azevedo/Agência Miséria
Miséria.com.br

Fagner Soares

0 comentários:

Postar um comentário