busin
Cariri

Metrô do Cariri volta a apresentar marcas de vandalismo nos vagões


Metrô do Cariri volta a apresentar marcas de vandalismo nos vagões (Foto: Felipe Azevedo/Agência Miséria)

Importante meio de locomoção para quem precisa se deslocar diariamente entre Juazeiro do Norte e Crato, os trens do Metrô do Cariri apresentam marcas de vandalismo. Marcas de pedras nos vidros incomodam os passageiros e passam sensação de insegurança para os usuários.

Apesar de recentemente terem sido usados como plano de fundo para desenhos em grafite feito por artistas, os vagões de um dos trens que rodam diariamente no Cariri ainda apresenta diversas marcas de pedras que teriam sidos arremessadas contra a locomotiva.

Janaina Tavares mora em Juazeiro e trabalha em Crato. Pelo menos três vezes por semana utiliza o metrô para fazer o trajeto. Ela diz que prefere o trem aos ônibus, e que se sente um tanto quanto insegura ao trafegar no transporte público com tantas marcas de vandalismo.

Apesar de não ser o principal meio de transporte intermunicipal na região, o Metrô do Cariri é uma alternativa para quem deseja se locomover entre as duas das principais cidades do Cariri.

Em contato com a reportagem, a Cia. cearense de Transportes Metropolitanos (METROFOR), informou que "apenas um dos dois trens que fazem a operação do VLT do Cariri apresenta vidros quebrados, devido a ações de vandalismo. Este trem terá suas placas de vidro trocadas por placas de policarbonato - que é um material resistente ao impacto das pedras arremessadas. A troca deve acontecer até o fim deste ano. O outro trem que compõe a frota do VLT do Cariri já recebeu janelas de policarbonato e não apresenta o problema". 

Colabore com nossa reportagem.
Ligue para 9 8113-2019 ou entre em contato via Whatsapp pelo 9 9695-6349 para sugerir pautas ou fazer sua denúncia.



Por Felipe Azevedo/Agência Miséria
Miséria.com.br

Fagner Soares

0 comentários:

Postar um comentário