busin
Cariri

Colégio da Polícia Militar de Juazeiro entrega alamares e apresenta 1º Pelotão Ambiental


Colégio da Polícia Militar de Juazeiro entrega alamares e apresenta 1º Pelotão Ambiental (Foto: Felipe Azevedo/Agência Miséria)


Dia do Soldado foi comemorado com solenidades e premiações na tarde desta sexta-feira (25), no Colégio da Polícia Militar do ceará Coronel Hervano Macêdo Júnior,  em Juazeiro do Norte. Pais e mães de alunos foram até a escola para a entrega de alamares e para a apresentação do 1º Pelotão Ambiental, inédito neste formato no Ceará. 

As solenidades aconteceram na quadra do colégio. Os pais dos estudantes lotaram a arquibancada do ginásio para acompanhar as formalidades; um deles declarou aquele era um momento que "por pouco nunca achou que fosse acontecer". 

O alamar é concedido aos estudantes que obtiveram média igual ou superior a 7, sem ter passado por nenhuma avaliação de recuperação, com bom comportamento. Foram concedidos alamares a 82 estudantes nesta solenidade. 
Apresentação do 1º Pelotão Ambiental do Colégio Militar Cel. Hervano Macêdo Júnior (Foto: Felipe Azevedo/Agência Miséria)

A solenidade também contou coma apresentação do Pelotão Ambiental, composto por 73 alunos, um projeto embrionário e inédito no estado. Uma preparação especial foi pensada para que os estudantes pudessem integrar esse pelotão. Todos eles passaram por um treinamento junto ao Tiro de Guerra, incluindo capacitações com carga horária de 60 horas.

O COLÉGIO

O Colégio Militar do estado do Ceará Coronel Hervano Macedo Junior, foi implantado em Juazeiro em janeiro do ano passado. Sob o comando da Coronel Albanita, a instituição de ensino figura hoje no hall das principais escolas do interior do estado, coleciona prêmios, transforma condutas e é uma das mais procuradas por pais de estudantes, inclusive os que vêm de colégios particulares e de outras cidades.

A coronel Albanita justifica a grande procura para estudar ali pelos valores que são repassados diariamente na rotina escolar. "Aqui nossa prioridade é o respeito e a disciplina, tratamos todos igualmente e fazemos o esforço para que os alunos se olhem como semelhantes", explica a diretora. Um sistema semanal onde é eleito o chefe de turma foi implantado no lugar dos "líderes" que, no sistema convencional de educação, permanecem até um ano na função.


Por Felipe Azevedo/ Agência Miséria
Miséria.com.br

Fagner Soares

0 comentários:

Postar um comentário