busin
Policia

Além de sete homicídios no Cariri dois atentados ocorreram em Juazeiro e Campos Sales


Bairro em Barbalha onde quatro jovens teriam atirado em policiais que revidaram e estes morreram em hospitais (Foto: Reprodução)

O Plantão policial deste final de semana registrou sete mortes causadas por armas de fogo na região do Cariri, sendo quatro destas numa intervenção policial na noite de ontem no bairro Alto do Rosário em Barbalha. No início da madrugada desta segunda-feira, em Campos Sales, uma garota de 27 anos, residente no Bairro Alto Alegre, foi assaltada, agredida e saiu lesionada.

Ela disse à polícia que o acusado tinha roubado sua bolsa com documentos e dois cartões bancários quando uma patrulha comandada pelo Sargento Filgueiras com o apoio do Soldados Simão e J. Alves saiu em diligências. Eles prenderam Leonardo Soares de Lima, de 18 anos, o "Bodim" que mora na Rua Padre Baldomiro (Bairro Nova Roma) e já responde procedimentos desde sua menoridade. Os pertences da vítima foram recuperados e ele está na cadeia pública à disposição da justiça.

Antes, na Rua Genário de Oliveira no bairro Jardim Gonzaga em Juazeiro, dois homens chegaram numa moto Honda Fan e o garupeiro efetuou vários disparos de arma de fogo contra o adolescente João Victor da Silva Assidino, de 17 anos, ali residente. O mesmo foi socorrido pelo SAMU ao Hospital Regional do Cariri após ser lesionado com projéteis no tórax e, de raspão, na cabeça.

Já os jovens que morreram neste final de semana tinham idades entre 16 e 26 anos, sendo quatro em Barbalha e os demais em Salitre, Abaiara e Crato quais sejam:.

SÁBADO

Erick Monteiro Guedes, de 22 anos, morto a tiros em Salitre.


DOMINGO

José da Silva Bezerra, de 26 anos, morto a tiros em Abaiara.

Isaías dos Santos Mota Feitosa, de 16 anos, morto a tiros em Barbalha.

Caio Dias Dantas da Silva, de 16 anos, morto a tiros em Barbalha.

José Nicolas Alves de Sales, de 17 anos, morto a tiros em Barbalha.

Jefferson da Silva Santos, de 19 anos, morto a tiros em Barbalha.


SEGUNDA-FEIRA

Francisco Renan Silva Muniz, de 20 anos, morto a tiros em Crato.



Por Demontier Tenório
Miséria.com.br

Fagner Soares

0 comentários:

Postar um comentário