busin
Esportes

São Paulo aceita proposta da Adidas; Conselhos precisam aprovar



Adidas já patrocinou o São Paulo em 1998, quando o clube faturou o Paulistão (Foto: Reprodução)

O São Paulo anunciou nesta terça-feira que a diretoria executiva aceitou a proposta feita pela Adidas para ser a nova fornecedora de material esportivo do clube. Em comunicado oficial, o Tricolor declarou que o acordo agora depende da aprovação dos Conselhos de Administração e Deliberativo do clube.

No fim do ano passado, São Paulo e Under Armour, atual fornecedora de material esportivo do clube, decidiram rescindir o contrato que era válido até 2019. Ainda assim, o clube do Morumbi tem direito a usar as peças da marca norte-americana até junho deste ano.

Embora a Under Armour não tenha se posicionado sobre o tema, há especulações de que a empresa estaria insatisfeita com o número de peças tricolores vendidas no mercado. Além disso, haveria a intenção de renegociar os termos do contrato, buscando diminuir o valor pago ao São Paulo, que é de pouco mais de R$ 15 milhões anuais.

Ainda assim, a Under Armour não descartava continuar no Morumbi. Apesar da rescisão, havia conversas com a diretoria tricolor para que um novo acordo fosse feito. Outras empresas também estavam de olho em uma possível parceria com o São Paulo, como a Diadora, atual fornecedora do Vasco, e Topper, além da própria Adidas.

Com o anúncio, a chance de o Palmeiras seguir contando com o fornecimento da Adidas, que existe desde 2006, é praticamente nula. O clube, insatisfeito com a marca alemã, vem enfrentando dificuldades para renovar o contrato, que vence neste ano. Por conta disso, outras empresas do mercado decidiram fazer propostas ao Verdão, entre elas Topper e Puma, a última mais perto do Palestra Itália e que conta com o apelo da torcida alviverde.

Caso seja confirmado o acerto, a Adidas chegaria ao São Paulo pela terceira vez. O clube já foi patrocinado pela marca alemã entre 1986 e 1990 e, posteriormente, entre 1996 e 1999, período em que o Tricolor conquistou seu 19º Campeonato Paulista, em 1998.

 

gazetaesportiva





Fagner Soares

0 comentários:

Postar um comentário