busin
Policia

Aposentado foi morto a facadas em Crato pelo sobrinho que disse ter problemas mentais


"Antonio Carreiro" foi assassinado a facadas pelo sobrinho "Dedé" que terminou preso (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

O aposentado Antonio Higino Teixeira, de 75 anos, que era conhecido como "Antonio Carreiro" e morava no Sítio Serraria (Distrito de Bela Vista) na zona rural de Crato, foi assassinado a facadas no final da tarde desta segunda-feira. O corpo foi encontrado às 17h30min por vizinhos que notaram a porta de sua residência aberta e estava ao lado de uma faca suja de sangue. A polícia foi avisada e uma patrulha do Policiamento Ostensivo Geral (POG) esteve no local

Segundo a Perícia Forense, foram quatro facadas, sendo uma no pescoço, duas no tórax e outra nas costas. Informações colhidas no local de que o agricultor estava numa bebedeira com o seu sobrinho apelidado por "Dedé" e logo os policiais prenderam José de Freitas, de 50 anos, em sua casa no mesmo sítio. Na Delegacia Regional de Polícia Civil de Crato, ele confessou o crime e admitiu uma discussão com o tio, mas atribuiu a um momento de surto.

 Este foi o terceiro homicídio do mês de março em Crato se igualando a Juazeiro e o nono de 2018 no município quando se equiparou a Barbalha. O último em Crato tinha ocorrido no dia 12 de março na Rua Alan Kardec no bairro São Miguel. Ali foi morto a tiros o flanelinha Carlos de Oliveira Santos Filho, de 23 anos, o "Carlinhos" que residia naquele bairro. O acusado Kaio Nelson dos Santos Sousa, de 27 anos, o "Galego" residente no mesmo bairro foi preso no dia seguinte.



Por Demontier Tenório
Miséria.com.br


Fagner Soares

0 comentários:

Postar um comentário