busin
Policia

Agricultor arromba igreja com machado,destrói imagens e toca fogo no altar em Umari



Agricultor arromba igreja com machado,destrói imagens e toca fogo no altar em Umari (Foto: Reprodução/Richard Lopes)

Um atentado contra a igreja matriz de São Gonçalo do Amarante,da cidade de Umari,distante 405 quilômetros de Fortaleza,na região do vale do salgado,revoltou a população.

Por volta de meio dia de ontem,o cabo Gilderlan com os soldados João Rolim e Cândido,do destacamento local,tomaram conhecimento que uma pessoa conhecida por Zé Nilton,com um machado,tinha arrombado uma das portas da igreja quebrando um cadeado,e em seguida destruiu imagens de santos e incendiou as cadeiras do altar.

Populares apagaram o fogo com extintores.Zé Nilton fugiu de moto depois do ato criminoso deixando para trás vasilhames com gasolina no interior da igreja.O cabo Gilderlan e comandados foram até a casa do incendiário e deram voz de prisão.

O agricultor José Nilton Alves de Souza,de 45 anos,separado,residente no sítio Pitombeira.José Nilton já tinha se desfeito do machado utilizado no arrombamento.O acusado foi conduzido a delegacia de polícia civil de Ipaumirim para procedimento e se encontra preso em Umari a disposição da justiça.O cabo Gilderlan disse que o agricultor teria confessado ser estudioso da bíblia e é contra esculturas.

Uma mulher que tinha 45 anos,evangélica,na madrugada do dia 25 de abril de 2009,usou uma pedra de paralelepípedo  e destrui 18 imagens e 7 quadros da via sacra da igreja matriz de São Gonçalo do Amarante.A mulher ao ser presa na época disse que tinha feito uma promessa para destruir as imagens feitas pelas mãos dos homens que estavam provocando guerras pelo mundo.Agora a cena se repetiu.

 

Richard Lopes


Fagner Soares

0 comentários:

Postar um comentário