busin
Politíca

Lula é 1º com 37%; sem petista, Bolsonaro lidera


Brasília. Pesquisa Ibope divulgada ontem apurou os percentuais de intenção de voto para presidente da República em dois cenários com candidatos diferentes do PT - o ex-presidente Lula no primeiro cenário e o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad no segundo. No cenário com Lula candidato do PT, o ex-presidente lidera com 37%.
Jair Bolsonaro (PSL) tem 18%; Marina Silva (Rede) soma 6%; Ciro Gomes (PDT) e Geraldo Alckmin alcançam 5% das intenções de voto cada; Alvaro Dias (Podemos) tem 3%. Os candidatos Eymael (DC); Guilherme Boulos (PSOL); Henrique Meirelles (MDB) e João Amoêdo (Novo) somam 1% cada.
Já os presidenciáveis Cabo Daciolo (Patriota); Vera (PSTU) e João Goulart Filho (PPL), não pontuam nesse cenário. Votos brancos e nulos somariam 16% e dentre os entrevistados 6% não sabem ou não responderam.
A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal "O Estado de S.Paulo". É o primeiro levantamento do Ibope feito depois da oficialização das candidaturas na Justiça Eleitoral.
Lula está preso em Curitiba, desde o mês de abril, após ter sido condenado em segunda instância por corrupção e lavagem de dinheiro no caso do tríplex no Guarujá, no litoral paulista.
Pela Lei da Ficha Limpa, ele estaria inelegível. Por essa razão, a Procuradoria Geral da República impugnou questionou a candidatura. O caso está sendo analisado pelo ministro Luís Roberto Barroso e será decidido pelo Tribunal Superior Eleitoral depois de ouvir a defesa de Lula, a favor do registro da candidatura. Em face desse quadro, o Ibope pesquisou outro cenário, com o atual candidato a vice na chapa de Lula, Fernando Haddad. Nesse cenário, Bolsonaro lidera com 20%, seguido por Marina, com 12%, e Ciro, com 9%.
Bolsonaro tem no eleitorado masculino seu principal trunfo. Nesse segmento, ele lidera com 28%, mais do que o dobro do resultado obtido entre as mulheres (13%). No eleitorado total, a taxa é de 20%. Em um cenário sem Lula na disputa, Marina, Bolsonaro e Ciro empatam tecnicamente na preferência do eleitorado do Nordeste, mostra a pesquisa. Nas demais regiões do País, o candidato do PSL lidera o cenário de forma isolada.
Alckmin é o quarto colocado na pesquisa, com 7% das intenções de voto, e aparece tecnicamente empatado com o provável substituto de Lula, Haddad (PT), que tem 4%.
arte
CNT/MDA
Mais cedo, foi publicada a pesquisa do instituto MDA, feita em parceria com a Confederação Nacional do Transporte (CNT).
O levantamento indicou que Haddad seria quem mais herdaria votos do ex-presidente caso seja confirmada a inelegibilidade do petista.
Segundo a pesquisa, dos que citaram intenção de votar em Lula, 17,3% migrariam seus votos para Haddad.

Fonte : DN

Fm Progresso 97,9 A primeira do Brasil

0 comentários:

Postar um comentário