busin
Brasil

Saúde repassará R$ 131 mi a hospitais universitários



Brasília. O Ministério da Saúde destinou R$ 131,2 milhões a hospitais universitários por meio do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais. O valor será direcionado a 47 hospitais em 22 estados e no Distrito Federal. Duas unidades hospitalares do Ceará, ligadas à UFC, foram contempladas: a Maternidade Escola Assis Chateaubriand com valor de custeio de R$ 125 mil e o Hospital Universitário Walter Cantídio com R$ 4,890 milhões.
A portaria com a previsão dos recursos está publicada na edição de ontem (23) do Diário Oficial da União.
A portaria define que o Fundo Nacional de Saúde adotará as medidas necessárias para descentralização orçamentária, no valor descrito.
Os recursos financeiros correspondentes serão liberados mediante a comprovação da liquidação dos empenhos emitidos à conta dos créditos descentralizados, de forma a não comprometer o fluxo de caixa do Fundo Nacional de Saúde.
"Os recursos orçamentários, objeto desta Portaria, correrão por conta do orçamento do Ministério da Saúde", informou a portaria assinada pelo ministro Gilberto Occhi.
Estados
O Rio de Janeiro é o estado com maior número de hospitais universitários beneficiados pela portaria: nove. A maior parte ligada à Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).
Em seguida está o estado de Minas Gerais, onde quatro instituições vão receber recursos do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais.
A lista completa com os hospitais e os valores destinadas a cada um está publicada no Diário Oficial da União (confira a lista das dez unidades hospitalares contempladas com os maiores valores de custeio).
Aplicação
Os valores direcionados ao Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais reforçam o orçamento das instituições e podem ser usados na aquisição de equipamentos, construção, reformas, compras de materiais médico-hospitalares e medicamentos, entre outras ações, conforme a necessidade e planejamento da instituição.
info

Fm Progresso 97,9 A primeira do Brasil

0 comentários:

Postar um comentário