busin
Esportes

Herói do Monumental, Michel dedica o gol a avô e primo: "Nunca deixei de trabalhar"


Quem não abaixa a cabeça com as adversidades apresentadas acaba coroado. Após um 2018 atribulado, com lesões e a perda do avô, José, Michel deu a volta por cima e, no momento mais importante do ano, mostrou sua força para colocar o Grêmio com um pé na final da Libertadores, ao marcar o gol da vitória de 1 a 0 sobre o River Plate, no Monumental de Nuñez.
O volante acabou escolhido por Renato Gaúcho para ser o titular no trabalho de segunda-feira. Renato Gaúcho conversou com Michel por não poder contar com Luan, que sofre com uma fascite plantar no pé direito e ainda reclama de dores na coxa. O camisa 5 não só entrou em campo como foi o principal destaque. Ganhou todos os lances dos homens de frente do River e completou de cabeça o escanteio cobrado por Alisson aos 16 minutos do segundo tempo.
Além da superação pelo drama familiar, Michel ainda passou por outra provação. Ficou cinco meses sem atuar, em razão de uma lesão muscular na coxa direita e uma entorse no tornozelo direito. Apesar do tempo inativo, manteve a dedicação para esta redenção. O gol, aliás, foi profetizado pelo primo Levy:
– A comemoração dediquei para o meu primo, Levy. Estava de aniversário hoje e profetizou. Pediu para fazer um gol de escanteio, de cabeça.
Com o resultado, o Grêmio pode até empatar que garante a classificação à decisão da Libertadores. O duelo de volta será nesta terça, às 21h45, na Arena. Antes, no entanto, volta a concentrar as forças no Brasileirão. Neste sábado, às 16h, recebe o Sport.

Fonte: G1

Fm Progresso 97,9 A primeira do Brasil

0 comentários:

Postar um comentário