busin
Cariri

Responsáveis pela demolição do casarão de Juvêncio Santana serão multados


A localização do antigo Casarão é de interesse imobiliário e comercial (Foto: Normando Sóracles/ Agência Miséria)


A demolição irregular do antigo Casarão do juiz Juvêncio Santana, datado de 1920, está sendo analisada pela secretaria de Infraestrutura de Juazeiro do Norte e pela Procuradoria Geral do município.

Segundo informa a secretária Gizele Menezes, o alvará de demolição havia sido negado na Seinfra pelo imóvel ser de interesse patrimonial da história e cultura da cidade. O município irá notificar e multar o atual dono e responsável pela ação.

O casarão histórico veio ao chão neste sábado, 01. Da riqueza e do colorido de sua fachada só restou a base e nada foi poupado no interior do imóvel na rua São José, vizinho a Casa Museu do Padre Cícero. A localização é de interesse imobiliário e comercial.

Agentes da Seinfra concluem que a casa estava sendo demolida de dentro para fora, a fim de evitar publicidade do ocorrido.

Em julho, o imóvel foi posto a venda por seu herdeiro, Juvêncio Gondim, sobrinho do juiz que não deixou filhos, e teria sido adquirida pelo empresário local Berg Matos.

Em contato com o telefone pessoal do empresário, uma representante não identificada afirmou que os documentos não estavam em nome de Matos. Quando perguntado se a venda havia sido efetivada, disse "não poder dar esta informação".

Até o momento não se sabe quem é o verdadeiro responsável pela demolição.

Procurado pela reportagem, Gondim resumiu a "nada a declarar".


Por Alana Soares
Miséria.com.br

Fagner Soares

0 comentários:

Postar um comentário