busin
Cariri

Imprudência no trânsito ainda é rotina em cidades do Cariri


Imprudência no trânsito ainda é rotina em cidades do Cariri (Foto: Guto Vital/Agência Miséria)

A "Imagem do Dia" é um flagra de imprudência no trânsito de um motoqueiro que transporta caixas e passageiro de maneira irregular e pilotando sem o calçado adequado na Avenida Leão Sampaio (CE-060), entre Juazeiro do Norte e Barbalha. 

Em 2017, mais de 2 mil pessoas foram internadas no Hospital Regional do Cariri devido acidente de moto. Não à toa trauma é o segundo tipo mais atendido. Em Crato, no Hospital São Raimundo, 60% dos casos de urgência são oriundos do setor de trauma.

Pelo perfil nacional, 77% das vítimas são homens na faixa de 18 a 34 anos. A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que acidentes de trânsito matem prematuramente mais de 1,25 milhão de pessoas por ano.

Em geral, acidentes de trânsito tendem a causar lesões na coluna e cabeça, fraturas expostas e severa hemorragia interna, o que coloca o paciente em constante risco de morte e necessidade de intervenção cirúrgica.

Em 2015, o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) estimou que o Brasil perde, por ano, a cifra de R$ 50 bilhões com os acidentes de trânsito. Nesta conta estão os custos referentes ao atendimento médico-hospitalar com as vítimas e a perda da produção no trabalho.


Por Agência Miséria
Miséria.com.br

Fagner Soares

0 comentários:

Postar um comentário