busin
Cariri

Seminário em Juazeiro do Norte discutirá violência contra a mulher



A Defensoria Pública do Estado do Ceará realiza, nesta sexta-feira (29), na Faculdade Paraíso, o I Seminário de Enfrentamento à Violência Contra a Mulher do Cariri. O evento começa a partir das 8 horas. Na ocasião, serão apresentados dados preliminares das violências diagnosticadas pelo Núcleo de Enfrentamento à Violência contra a Mulher (Nudem), instalado em junho do ano passado.
Um levantamento inicial apontou que 30% das mulheres que buscaram o equipamento, instalado no Crato, entre junho e dezembro de 2018, vivenciaram violência doméstica por mais de 10 anos. Em alguns casos, quase 20 anos antes de conseguirem denunciar e buscar assistência jurídica, psicológica e social da Defensoria Pública. A pesquisa contou com a participação de 66 mulheres.
“A partir da constatação desses dados, estamos desde o ano passado promovendo ações de educação em direito para toda a sociedade civil. Ações de disseminação de informação fazem parte de um trabalho preventivo que produz bons resultados a médio e longo prazo. Como o Cariri é uma região de grande incidência desse tipo de violência, é importante estarmos atuante e presentes diariamente em ações como essa”, ressalta o defensor público Rafael Vilar Sampaio, titular do Nudem Cariri.
Segundo o defensor público, o órgão convidou a sociedade civil, o meio acadêmico, além das instituições que compõem a rede de proteção aos direitos de mulheres vítimas de violência para participar deste debate.
Na programação do encontro, as palestras abordarão temas como o desafio na luta contra a violência doméstica no Cariri, apresentação das estatísticas da violência contra a mulher no Cariri e os estudos de gênero no ambiente acadêmico. “A parceria com a faculdade é extremamente importante nessa área porque com esses estudos científicos podemos ir além de e reorientar e traçar novas políticas públicas”, complementa Rafael Vilar.
O Nudem no Cariri é uma conquista da sociedade civil, solicitado no Orçamento Participativo e instalado em junho de 2018. Lá, são atendidas as demandas das cidades Crato, Juazeiro do Norte e Barbalha. O equipamento funciona na sede da Defensoria Pública de Crato, que fica na Travessa Iguatu, 304, no bairro Santa Luzia.
Mais informações
I Seminário de Enfrentamento à Violência Contra a Mulher do Cariri
Local: Faculdade Paraíso, rua da Conceição, 1228, bairro São Miguel, Juazeiro do Norte
Horário: 8 horas

Fonte: DN

radioprogresso

0 comentários:

Postar um comentário