busin
Cariri

Venda ambulante de droga em Juazeiro perto da Areninha e no Mercado do Pirajá


PMs estiveram nos bairros Pirajá, Timbaúbas, Leandro Bezerra e João Cabral (Foto: Reprodução/Redes sociais)

Como a polícia vem atacando com muita determinação o funcionamento de “bocas de fumo” em Juazeiro do Norte, a novidade agora é a venda ambulante. Nesta quinta-feira dois casais foram presos acusados da comercialização de substâncias entorpecentes no Mercado do Pirajá e perto da Areninha no bairro Timbaúbas. Entretanto, mais uma “boca” foi fechada no bairro João Cabral igualmente nesta quinta-feira.

Por volta das 15h30min militares do Serviço de Inteligência informaram sobre a venda de drogas no Mercado do Pirajá e patrulhas da Força Tática foram lá prendendo em flagrante Elisangela Varela Oliveira, de 38, residente na Rua Ozana Pereira (João Cabral), e Cícero Felipe de Lima Martins, de 22 anos, que mora na Rua Antônio Lira da Cruz no mesmo bairro. Com eles, foram encontradas 150 gramas de crack e R$ 670,00 em cédulas de pequeno valor.

Já às 21 horas novas informações do Serviço de Inteligência levaram uma Patrulha do Policiamento Ostensivo Geral (POG) até a Areninha de Juazeiro situada na Avenida Humberto Bezerra entre os bairros Timbaúbas e Leandro Bezerra. No local, foram presos Francinaldo Paulino de Lima, de 25, morador da Rua Arsenio Sobreira (Timbaúbas) e Jéssyca Nayane de Souza, de 18 anos, residente na Rua Ary Cruz no mesmo bairro. Com os casal os PMs apreenderam 24 gramas de maconha.

Antes, por volta das 16 horas, a equipe RAIO 02 soube que na Rua Odílio Figueiredo (João Cabral) estava ocorrendo a venda de drogas e foi verificar. Nas buscas, os PMs encontraram 20 papelotes de cocaína escondidos na caixa do interruptor da sala do imóvel. Estranhamente, não tinha ninguém na casa e os “raianos” recolheram ainda uma carteira de identidade tendo como titular uma jovem de 21 anos. A droga e o documento foram entregues na 20ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Juazeiro.


Por Demontier Tenório
Miséria.com.br

Fagner Soares

0 comentários:

Postar um comentário