busin
Esportes

Campo móvel, cervejaria própria e “paredão” estilo Borussia: confira o estádio bilionário do Tottenham



Foram mais de dois anos de obras e seis meses de atraso na entrega. Uma espera longa por um estádio com custo estimado em £ 1 bilhão (mais de R$ 5,1 bilhões na cotação atual). Preço pago integralmente pelo Tottenham por uma nova casa com campo retrátil, cervejaria própria e a maior arquibancada em nível único do Reino Unido. Essas e outras curiosidades serão oficialmente inauguradas nesta quarta-feira, em partida contra o Crystal Palace pela Premier League.
- Todos que vierem aqui para assistir futebol sentirão que é o melhor estádio do mundo. Os jogadores tem uma estrutura de qualidade, os vestiários. Os fãs vão ter o melhor lugar para ver o jogo, para passar o tempo com as famílias, e para nós, o mesmo. Para todos os envolvidos no jogo será o melhor lugar do mundo. O que me impressionou muito é que você pode sentir a atenção aos detalhes e o amor. Tem que ser perfeito e está perfeito. É por isso que estamos tão impressionados com esse estádio - disse o técnico Maurício Pochettino.
A fachada do moderno novo estádio do Tottenham — Foto: Divulgação / TottenhamA fachada do moderno novo estádio do Tottenham — Foto: Divulgação / Tottenham
A fachada do moderno novo estádio do Tottenham — Foto: Divulgação / Tottenham
A abertura estava prevista inicialmente para 15 de setembro de 2018, mas o primeiro evento-teste ocorreu apenas no dia 24 de março de 2019, em vitória do time sub-18 por 3 a 1 sobre o Southhampton. Foram quase 29 mil presentes a desfrutarem deste primeiro contato com a nova estrutura.
Uma das atrações é a arquibancada sul, com 17.500 assentos em um único nível. Maior deste estilo no país, com mais de 34 metros, é uma tentativa de replicar o “paredão” amarelo do Borussia Dortmund, na Alemanha. Cerca de 5 mil podem ser convertidos para o safe-standing, caso a proibição de ver jogos em pé na 1ª divisão inglesa venha a ser revogada um dia.
estádio tem capacidade total para 62.062 torcedores, sendo o maior pertencente a um clube de Londres e o segundo maior da Premier League – fica atrás de Old Trafford, do Manchester United, com 74.994.
Visão interna do novo estádio do Tottenham — Foto: Divulgação / TottenhamVisão interna do novo estádio do Tottenham — Foto: Divulgação / Tottenham
Visão interna do novo estádio do Tottenham — Foto: Divulgação / Tottenham
Todo o design foi pensado para que o estádio tivesse uma acústica semelhante a de uma sala de concertos, criando uma atmosfera perfeita para os cantos da torcida. E os fãs estarão pertindo da ação. O trecho com a maior distância da arquibancada para o campo é de 7,9m, a menor dentre os estádios da Premier League. Para quem sentar mais acima, quatro telões em HD vão ajudar a acompanhar todos detalhes.

Dois campos e muita tecnologia

O campo em si tem tem dimensões maiores do que White Hart Lane(105m x 68m contra 100m x 67m), o antigo estádio, mas o que mais impressiona é a estrutura retrátil para conversão para jogos da NFL e eventos.
O gramado natural está instalado sobre três grandes estruturas de aço com mais de 3 mil toneladas cada, movidas por 68 motores elétricos e 168 rodas. O sistema permite que o campo seja guardado num depósito abaixo da arquibancada sul por até 10 dias graças a sistemas de iluminação LED, irrigação e resfriamento. Quando acionado, ele revela um gramado artificial que será usado em jogos de futebol americano. Operação que pode ser desfeita em 25 minutos.
Estrutura móvel permite que o gramado seja estocado em garagem — Foto: Divulgação / TottenhamEstrutura móvel permite que o gramado seja estocado em garagem — Foto: Divulgação / Tottenham
Estrutura móvel permite que o gramado seja estocado em garagem — Foto: Divulgação / Tottenham
No detalhe, parte da estrutura que permite a troca de campos — Foto: Divulgação / TottenhamNo detalhe, parte da estrutura que permite a troca de campos — Foto: Divulgação / Tottenham
No detalhe, parte da estrutura que permite a troca de campos — Foto: Divulgação / Tottenham
Tottenham tem contrato com a NFL pelos próximos dez anos e deve receber duas partidas da temporada 2019/2020. Há também vestiários especiais para comportar os elencos de futebol americano, em que os times relacionam 46 atletas por partida.

Haja cerveja!

Há bebedouros para consumo gratuito de água em todo estádio, mas os bares possivelmente devem atrair a maioria dos torcedores ingleses. São 65 pontos de venda de comida e bebida, e um dos bares, na arquibancada sul, tem um balcão de 65m, em paralelo com a linha de fundo. É o mais longo da Europa.
Bar com balcão de 65m é o mais longo da Europa e está em pararelo à linha de fundo do setor sul — Foto: Divulgação / TottenhamBar com balcão de 65m é o mais longo da Europa e está em pararelo à linha de fundo do setor sul — Foto: Divulgação / Tottenham
Bar com balcão de 65m é o mais longo da Europa e está em pararelo à linha de fundo do setor sul — Foto: Divulgação / Tottenham
Toda a cerveja vendida no local é artesanal e produzida por uma minicervejaria localizada no próprio estádioe o clube estima ser possível servir 10 mil pints (copos de 473ml) por minuto. Para agilizar o pagamento e diminuir filas, só é aceito pagamento em cartão. Nada de notas em todo o estádio.
Fora os copinhos das cervejas, plástico deve ser artigo raro no local. Estão banidos canudinhos, talheres e embalagens de plástico de uso único. Só serão disponibilizadas sacolas biodegradáveis.
Estádio é o único do mundo com uma microcervejaria própria — Foto: Divulgação / TottenhamEstádio é o único do mundo com uma microcervejaria própria — Foto: Divulgação / Tottenham
Estádio é o único do mundo com uma microcervejaria própria — Foto: Divulgação / Tottenham
A ideia de maximizar a experiência do consumidor para aumentar os lucros ainda será melhor desenvolvida ao longo dos próximos meses. Ainda há previsão de abertura de um museu do clube e um hotel, além da realização de passeios guiados e até rapel na fachada do estádio. Salas de conferência estarão à disposição para aluguel em dias sem jogos. Também devem ser negociados naming rights, os direitos para batizar o estádio com nome de alguma marca.

Freio no oba-obra para voltar ao 3º lugar

Se as manchetes em torno do Tottenham estão voltadas para o novo estádio, é importante lembrar que a fase do time não é das melhores. São cinco jogos sem vencer no Campeonato Inglês, com quatro derrotas. E nesta segunda-feira o time foi ultrapassado pelo rival Arsenal na classificação, caindo para o quarto lugar. A posição pode ser retomada nesta quarta em caso de vitória sobre o Crystal Palace.
- Não dá para cortar o sentimento de que todo mundo que virá ao estádio está pronto para uma festa. Mas ao mesmo isso é muito perigoso. É impossível não pensar que está vindo a uma festa porque é uma inauguração, mas precisamos focar. A coisa mais importante para a história do clube é inaugurar o estádio, mas os três pontos estão no mesmo nível, são importantes também. Será um jogo duro - disse Pochettino.

Fonte: G1

radioprogresso

0 comentários:

Postar um comentário