busin
Policia

Exclusivo! Homem mata outro a facadas em Crato por causa de um par de sandálias


Agostinho matou Augusto a facadas em Crato e foi preso (Foto: Reprodução/ Redes sociais)

Quatro dias depois e um novo homicídio foi registrado em Crato. No início da tarde desta segunda-feira Augusto César Batista dos Santos, de 45 anos, foi assassinado a golpes de faca pelo ex-presidiário Jackson Agostinho Alves da Silva, de 28 anos. O acusado terminou preso não muito distante do local do crime numa ação rápida de patrulhas do POG (Policiamento Ostensivo Geral) e Força Tática (FT). Vítima e acusado tinham discutido por causa de um par de sandálias Kenner.

O assassinato aconteceu na Travessa Caririaçu (Seminário), onde o SAMU apenas constatou a morte de Augusto. Desde abril de 2012, ele respondia contravenção penal que teve como vítima Ana Paula Gomes Pequeno e, no mesmo ano, passou a responder procedimento que tramitava em segredo de justiça. Já o assassino, em dezembro de 2007, tinha apenas 16 anos quando praticou furto no Hospital São Francisco. Em dezembro de 2012 ameaçou Maria das Dores dos Santos Araújo num crime de violência doméstica quando terminou preso.

Este foi o segundo homicídio do mês de abril em Crato e o sexto de 2019 no município. O último tinha acontecido na noite de quinta-feira (04) quando o pedreiro Jerônimo Ribeiro Silva, de 23 anos, que residia no Distrito do Lameiro, foi morto a tiros. O crime aconteceu em um matagal no bairro Sertãozinho por trás da Indústria Grendene e foi praticado por dois homens que fugiram numa moto. A vítima respondia procedimentos por contravenção penal, lesão corporal, assalto e violência doméstica.


Por Demontier Tenório
Miséria.com.br

Fagner Soares

0 comentários:

Postar um comentário