busin
Ceará

Ceará tem apenas uma estação de monitoramento do ar em atividade



A proteção da qualidade do ar, especialmente em grandes metrópoles, se configura como medida essencial na construção de territórios mais sustentáveis, conforme preconiza o Plano Nacional de Qualidade do Ar. O estado do Ceará, contudo, conta atualmente com apenas uma estação de monitoramento, desde que outras quatro foram desativadas há 12 anos.
O equipamento, localizado no município de São Gonçalo do Amarante, fortalece o monitoramento e a fiscalização dos níveis poluentes gerados pelas indústrias no entorno do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (Cipp).
A capital cearense, por sua vez - com uma frota que ultrapassa 1 milhão de veículos - não tem a qualidade do seu ar verificado desde 2007, quando suas três estações de monitoramento foram fechadas. A quarta estação desativada monitorava o ar de Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza.
Na época, a Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace) declarou que as estações foram desativadas porque os equipamentos estavam obsoletos. Uma licitação para a compra de 11 equipamentos mais modernos chegou a ser anunciada em 2010, mas a medida não foi implementada.
Em nota, o órgão disse ter adquirido uma nova estação móvel, que deve percorrer a capital cearense e as demais áreas vulneráveis na Região Metropolitana de Fortaleza. A expectativa é que o novo equipamento seja apresentado em junho deste ano.
A Prefeitura de Fortaleza, por sua vez, lançou uma licitação para a contratação de uma Central de Monitoramento do Ar, incluindo a aquisição de uma estação móvel. A empresa vencedora deve capacitar técnicos para operação do sistema de dados da estação.
O preço médio de mercado da contratação é no valor de R$ 1,77 milhão. De acordo com a Secretaria Municipal da Infraestrutura (Seinf), o pregão de licitação para a implantação da Central aconteceu na segunda-feira (13/05), sendo necessário aguardar o prazo para a construtora entregar a documentação à CLFOR. Somente após o trâmite legal será definido o local da implantação.

Fonte: g1

radioprogresso

0 comentários:

Postar um comentário