busin
Cariri

Depois do corte do Pau da Bandeira, 200 mudas são plantadas em Barbalha



Estudantes de três escolas do Cariri participaram, na manhã desta sexta-feira, (24), do plantio de 200 mudas no Sítio Flores, em Barbalha. O local escolhido foi onde retiraram o angico de 26 metros de comprimento, que servirá de mastro para Festa de de Santo Antônio. A iniciativa faz parte de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), assinado entre o Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), a Prefeitura Municipal e os carregadores do pau da bandeira.
A ação contou com a participação do analista ambiental do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), o engenheiro agrônomo William Brito, que facilitou uma roda de conversa sobre a sustentabilidade e os cuidados com o meio ambiente para as futuras gerações. Os alunos do Colégio Militar de Juazeiro do Norte e da rede municipal de ensino participaram do replantio.
Brito destacou que a iniciativa é importante, pois, poderia reverter problemas ambientais, como enchentes e aumento das temperatura. “As crianças vivem este momento, sentem esse riacho e percebem que é uma dádiva dessa floresta. Quero que elas sintam como nossa vida depende da árvore”, justifica.
Como exemplo, o agrônomo ressaltou a importância da replantação na sobrevivência humana. “São necessárias 22 árvores para garantir o ar que uma pessoa respira. Cada árvore adulta, trabalha por 10 aparelhos de ar-condicionado. São benefícios que a gente chama de serviço ambiental, que muitas pessoas não se dão contam, não valorizam. Fora o uso das plantas como medicamentos, na conservação dos solos”, enumera.
O estudante Guilherme Leite, de 14 anos, gostou da iniciativa. Aliás, não é a primeira vez que o adolescente participa do replantio de árvores nativas. “As árvores são importantes para a gente, para nossa respiração. Faz bem e sempre que puder, vou ajudar, como em outras vezes”, conta.
O corte do angico de 26 metros de comprimento, pesando cerca de duas toneladas, aconteceu no último dia 17 e reuniu dezenas de barbalhenses numa tradicional celebração que começou ainda cedinho, pela manhã. O transporte do mastro, que contará com mais de 200 carregadores, será no próximo dia 2 de junho, dia da abertura oficial da festa do padroeiro. Apenas neste dia, são esperadas 350 mil pessoas nas ruas do Centro Histórico.
A Festa do Pau da Bandeira de Santo Antônio, em Barbalha, é reconhecida como Patrimônio Cultural de natureza imaterial do Ceará. A decisão do IPHAN ocorreu no dia 13 de dezembro do ano passado. O ato permite ao governo estadual implementar uma política efetiva voltada para o evento, com ações de salvaguarda por seu valor histórico, cultural e religioso. Em 2015, o festejo  entrou no livro das celebrações registradas como Patrimônio Cultural Imaterial do Brasil, a primeira no Estado a ter esse reconhecimento.

Fonte: DN

radioprogresso

0 comentários:

Postar um comentário