busin
Cariri

Cariri registra redução de homicídios pelo quinto mês consecutivo



Os dados estatísticos divulgados pela Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) apontam que, pelo quinto mês consecutivo, a Área Integrada de Segurança 19 (AIS 19), que corresponde a 25 municípios do Cariri, registrou redução no índice de homicídios durante o mês de maio. Foram contabilizados 14 homicídios na Região, enquanto o mesmo período do ano passado chegou a 15. Isso representa uma diminuição de 6%.
Apesar de pequena no último mês de maio, se contabilizados os cinco primeiros meses deste ano, houve uma redução de 24% em crimes contra a vida, somando 79 homicídios. Só de janeiro a maio de 2018, esse número chegou a 104.
De acordo com o comandante do 2º Batalhão de Polícia Militar (2ºBPM), major Luciano Rodrigues de Oliveira, a tropa policial tem atuado de forma estratégica no combate à criminalidade. “A redução de homicídios pelo quinto mês consecutivo é o reflexo de um trabalho comprometido com a segurança e o bem estar da sociedade”, destaca o oficial.
Efetivo ampliado
Há um ano, o Cariri recebeu uma série de pacotes de investimentos em segurança. Em Juazeiro do Norte, foi criada a Unidade Integrada de Segurança (Uniseg) e lançado o sistema de videomonitoramento. Com isso, o policiamento foi ampliando em dez bairros, identificados como mais carentes de segurança pública. O Município também viu seu efetivo ser reforçado com 191 policiais militares, 10 viaturas, 9 motos e uma unidade móvel comunitária.
No mês de junho de 2018, o município de Brejo Santo recebeu uma unidade do Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio), com equipamentos e 37 policiais militares. Além disso, também foi implantado o Sistema de Videomonitoramento com 15 câmeras com giro de 360 graus espalhadas por vários pontos da cidade.
Já no mês seguinte, foi a vez de Barbalha ser contemplada com uma unidade do BPRaio. Ao todo, o Município recebeu 37 policiais, com o apoio de 16 motos e uma viatura 4×4.

Fonte: DN

radioprogresso

0 comentários:

Postar um comentário