busin
Ceará

Cidade cenográfica leva espírito junino para São João do Ceará


O mês de junho pega todo nordestino pelos sentidos. O sabor é de milho; o som mescla o trio sanfona, zabumba e triângulo; o tato sente o chão no arrastar dos pés do forró coladinho e o olhar procura as casinhas coloridas, a igreja na praça, e as brincadeiras de uma tradicional quermesse. Essas referências estavam presentes no São João do Ceará, realizado da última sexta-feira (21) até ontem, no Aterro da Praia de Iracema.
Entre grandes shows e apresentações de quadrilhas, a Arena Raiz, cidade cenográfica montada no espaço, atraiu uma multidão durante os três dias de evento.
O cenário repleto de detalhes remetia a um município do interior com igrejinha, delegacia, escola, dentre outros espaços. As atrações destacavam jogos, a exemplo de acerte o alvo, pontaria, chute ao gol, barraca do beijo, pau de sebo e tomba latas.
Image-1-Artigo-2547434-1Image-1-Artigo-2547434-1
Um dos destaques da cidade cenográfica, a igrejinha chamou a atenção de quem passava pela Arena RaizFoto: Camila Lima
Bruna Constantino, 26, natural de Londrina, no Paraná, mudou-se para Fortaleza quando tinha quatro anos de idade e morou na capital cearense por mais de uma década antes de voltar ao Sul. Das memórias afetivas da infância, ela guarda com carinho a época de festa junina e o encanto com as quadrilhas e a fogueira.
"Lá em Londrina tem até São João, mas não tão grandioso como aqui. Reviver o interior na cidade cenográfica é fora de série. A gente se torna cearense quando revive todo esse ambiente interiorano. É a realidade de muitas cidades nordestinas", conta ela, que está de férias na Capital.
Diariamente, quadrilhas infantis e adultas encantaram com coreografias e figurinos rebuscados. No palco, as noites foram embaladas por shows de Henrique e Juliano, Zezé di Camargo e Luciano, A Loba, Lagosta Bronzeada e banda Líbanos.

Fonte: DN

radioprogresso

0 comentários:

Postar um comentário