busin
Ciências e Saúde

90% das cidades do mundo têm qualidade do ar inferior ao que é recomendado pela OMS


Um dado da OMS – Organização Mundial de Saúde assusta, 90% das cidades do mundo têm a qualidade do ar inferior ao que é recomendado. E segundo um estudo da USP – Universidade de São Paulo, o impacto vai além de nariz e garganta seca.
A bióloga Mariana Veras, uma das autoras do estudo, conta que a conclusão do estudo foi que a exposição ao trânsito durante uma hora equivale ao consumo de cinco cigarros.
Ele foi realizado em 413 cadáveres, avaliou o estado do pulmão dessas pessoas e observou a quantidade de depósitos de carbono, partículas de fumaça e carvão. Também foi levado em conta o local onde essa pessoa vivia, a ocupação e o tempo gasto no trânsito, através de um questionário aplicado aos parentes próximos.
O resultado aponta o impacto da poluição na saúde com base no tempo de exposição e toxicidade.
O que piora a poluição é a falta de chuva, como acontece em várias cidades do Sudeste e do Centro-Oeste no último mês, e a inversão térmica, que é quando as temperaturas variam muito, como frio de manhã e calor à tarde.
Segundo dados da OMS, um terço das mortes por coração, pulmão e doenças cerebrais é provocada pela poluição.
Uma das soluções para melhorar a poluição nas grandes cidades é investir no transporte público, preferencialmente movido a energia limpa.
Poluição no trânsito — Foto: TV GloboPoluição no trânsito — Foto: TV Globo
Poluição no trânsito — Foto: TV Globo
Poluição afeta a fertilidade das mulheres e a inteligência das crianças?
Um primeiro estudo aponta que grávidas expostas a altos índices de poluição podem ter filhos com baixos índices de QI, que é um dos índices de avaliação da inteligência.
A série The Handmaid’s Tale, exibida pelo Globoplay, conta uma história a partir do momento em que grande parte da população humana se tornou infértil por causa da poluição, mas na semana passada um estudo relacionou a redução na produção de óvulos com a poluição.
Fonte: G1

radioprogresso

0 comentários:

Postar um comentário