busin
Ciências e Saúde

Dor de estômago: o que fazer?



Se tem uma coisa que é desagradável é ter dor de estômago. Às vezes ela vem antes e em outras situações depois de comer. Para tirar dúvidas de quando e como acontece, Fábio Atuí, cirurgião do aparelho digestivo e consultor do Bem Estar, tirou algumas dúvidas.

Dor de estômago após comer não é comum, mas pode ser:
  1. Falta de mastigação. Não mastigar bem pode fazer com que o estômago trabalhe com mais intensidade para processar a comida, o que causa dor.
  2. Empachamento causado pela má digestão. Comer muito ou ingerir alimentos de difícil digestão podem deixar o estômago estufado.
Dr. Fábio Atuí, cirurgião do aparelho digestivo e consultor do Bem Estar tira dúvidas. — Foto: Reprodução/TV GloboDr. Fábio Atuí, cirurgião do aparelho digestivo e consultor do Bem Estar tira dúvidas. — Foto: Reprodução/TV Globo
Dr. Fábio Atuí, cirurgião do aparelho digestivo e consultor do Bem Estar tira dúvidas. — Foto: Reprodução/TV Globo
Já a dor de estômago antes de comer pode ser gastrite, esofagite ou úlcera no duodeno. São conhecidas como doenças pépticas causadas pelo suco gástrico.
A gastrite é uma inflamação no estômago causada pela ação do ácido na parede do órgão.
Nosso corpo tem mecanismos de defesa para suportar o suco gástrico e evitar que ele seja prejudicial. Mas, quando há um desequilíbrio entre este ácido e a defesa, o estômago inflama e dói.
O desequilíbrio é causado por dois fatores:
  1. excesso de suco gástrico no estômago
  2. diminuição do muco da parede do estômago que protege a parede da acidez.
É importante ressaltar que o suco gástrico produzido no estômago é fundamental para a nossa digestão, pois é ele que ajuda a quebrar os alimentos.
Evite ficar de estômago vazio. — Foto: Reprodução/TV GloboEvite ficar de estômago vazio. — Foto: Reprodução/TV Globo
Evite ficar de estômago vazio. — Foto: Reprodução/TV Globo
Para evitar ter dores da gastrite, evite ficar de estômago vazio. Tenha sempre por perto frutas, barra de cereal e lanches saudáveis.
Por que a dor diminui quando a pessoa com gastrite come?
Quando o estômago está cheio o ácido que causa a queimação do estômago passa a ser usado para digerir o alimento, ou seja, diminui a quantidade de ácido que irrita a parede da mucosa.

Como tratar a gastrite?
Existem medicamentos que melhoram a gastrite porque diminuem a acidez do suco gástrico, mas a única maneira de tratar a gastrite é a mudança de hábitos alimentares.
Não adianta usar a medicação e continuar com hábitos ruins.
O que piora a gastrite:
  • Ficar muito tempo com estômago vazio
  • Excesso de café
  • Bebida alcoólica
  • Alimentos com temperos fortes
  • Cigarro
  • Anti-inflamatório (porque diminui o muco que protege o estômago)
  • Infecção pelo H. pylori
  • Estresse (ele aumenta a produção de suco gástrico)
Você sabia?
Por que a bactéria que dá úlcera é tão difícil de eliminar? Um estudo que deve ser publicado agora no dia 3 de maio revela que a Helicobacter pylori consegue invadir glândulas do estômago e não sai mesmo quando bactérias semelhantes tentam desalojá-las. Por isso tratamentos em voga, como probióticos, não funcionam. 15% das pessoas com a bactéria desenvolvem úlcera e apenas 1%, câncer. Por outro lado, o estudo levanta que elas podem trazer algumas vantagens, como contribuir para reduzir casos de asma e alergias.
Devemos nos preocupar com qualquer dor? — Foto: Reprodução/TV GloboDevemos nos preocupar com qualquer dor? — Foto: Reprodução/TV Globo
Devemos nos preocupar com qualquer dor? — Foto: Reprodução/TV Globo
Qualquer dor de estômago que não melhora deve ser sinal de preocupação. Alguns sintomas associados a essa dor são sinais de alerta para doenças mais graves: dificuldade para engolir, sangue no vômito ou nas fezes, acordar à noite com dor, fezes muito escuras, anemia, emagrecimento ou perda de apetite, e febre. Procure sempre um médico.

Fonte: G1

radioprogresso

0 comentários:

Postar um comentário