busin
Esportes

Ceará é o time que precisa de menos chutes para marcar na Série A

Cirúrgico e letal. Características que remetem à precisão e são pilares da filosofia de jogo do Ceará na Série A do Brasileiro. Acostumado a se defender, o time se reinventou sob o comando de Enderson Moreira e tem, no setor ofensivo, um sistema organizado e que precisa de poucas oportunidades para conseguir balançar as redes. Segundo dados do site Footstats, o Alvinegro é a equipe do Brasileirão com melhor pontaria, atributo que será exigido contra o São Paulo, neste domingo (17), às 16 horas, no Morumbi, pela 15ª rodada.
Utilizando principalmente o esquema 4-2-3-1, o clube tem uma estrutura que prioriza intensidade nos primeiros minutos e constrói a marcação de forma sistemática, desde o atacante Felippe Cardoso, atrapalhando os zagueiros, até as duas linhas de contenção que se sucedem à frente do goleiro Diogo Silva. Nesta perspectiva, a posse de bola média é baixa, apenas 46% - 16ª no quesito - e o número de arremates também, com 4,1 por jogo, mas a efetividade é o que se sobressai: são três finalizações para conseguir um gol.
O Vovô também lidera os fundamentos de chutes no alvo com a peculiaridade de ser o único dentre os 20 times da elite nacional que acerta mais do que erra, apresentando percentual de 52,3% de efetividade em 44 tentativas. Os números são reflexo também da fase do meia Thiago Galhardo, que tem sete gols no Brasileirão e desponta como dono da melhor pontaria na competição, acertando 63,6% das finalizações realizadas.
No plano dos 90 minutos, a máxima alvinegra é atacar para se defender, priorizando um maior equilíbrio entre os eixos. Atuando com atletas de menor velocidade, a trinca de meias atrás do centroavante armam com facilidade e se infiltram como elemento surpresa para finalizar. Todavia, para ser efetivo, é preciso manter a solidez defensiva como alicerce em campo.
Das peças em campo, o zagueiro Luiz Otávio surge como unanimidade. Sendo o 3º da posição na Série A em desarmes (22) e interceptações (7), o defensor acredita na manutenção do estilo de jogo, tanto dentro como fora de casa, para obter um salto na tabela - o Ceará é o 9º na tabela, com 20 pontos somados.
"A gente vai jogar da mesma forma, tendo sabedoria para entender os momentos do jogo, saber quando se deve atacar e defender. O Enderson tem pedido para fazer tudo com equilíbrio", pontuou.

Fonte: DN

radioprogresso

0 comentários:

Postar um comentário