busin
Cariri

Cadastro do ‘Garantia Safra’ é iniciado em Juazeiro do Norte


Foto: Lino Fly
A Secretaria de Agricultura e Abastecimento de Juazeiro do Norte (Seagri) iniciou o cadastramento de trabalhadores da agricultura familiar que serão beneficiados com o programa Garantia Safra. Desta vez, o trabalho acontece diretamente nas comunidades rurais, de forma descentralizada e organizada em seis territórios. O atendimento acontece nos turnos da manhã e tarde, até o próximo dia 25. Ao todo, 51 localidades serão recebidas.
O titular da Seagri, Romão França, destaca que o cadastramento dos agricultores realizado em suas próprias comunidades oferece uma maior comodidade para os trabalhadores. “Com esse programa tivemos um grande avanço. Atendemos as comunidades de forma territorializada, que recebem as visitas de técnicos, garantindo a indenização do produtor com um recurso que contribuem para melhorar a sua qualidade de vida e ameniza os sofrimentos gerados pelas perdas”, avalia o secretário.
Para o prefeito Arnon Bezerra, quando o Município oferece condições e segurança para os produtores rurais, eles sempre procuram oferecer de volta um grande serviço, se capacitando e investindo em seu trabalho, dando um retorno positivo para a sociedade, mesmo quando as condições climáticas não são tão favoráveis . “Todos saem ganhando e o Garantia Safra veio para dar essa segurança. Juazeiro do Norte se fortalece”, acredita o gestor.
A contemplação com o programa Garantia Sagra exige alguns critérios pré-estabelecidos: ser reconhecido como agricultor de base familiar, através da Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP); possuir renda familiar de no máximo um salário mínimo e meio e cultivar as culturas de arroz, feijão, milho e mandioca.
No momento do cadastro, o agricultor precisa levar os seguintes documentos: cópias da identidade, do CPF, do comprovante de residência e da DAP; Número de Identificação Social – NIS; declaração do proprietário da terra. Caso seja casado ou tiver união estável, levar cópia da certidão.

Fonte: DN

radioprogresso

0 comentários:

Postar um comentário