busin
Ceará

Movimentação internacional cresce 74% no Ceará em 2019


A alta de 74% no fluxo de turistas internacionais foi a maior entre todos os estados brasileirosFoto: Camila Lima
A movimentação de passageiros oriundos de voos internacionais desembarcando no Ceará cresceu no ano, considerando de janeiro a agosto de 2019, ante igual período de 2018. De acordo com a Secretaria do Turismo do Ceará (Setur), com base em dados da Agência Nacional da Aviação Civil (Anac), 200 mil passageiros de voos internacionais passaram pelo Estado, 74% a mais que no ano passado.
Foi o maior crescimento no fluxo de passageiros de voos internacionais entre os estados do País. Os passageiros vieram, especialmente, dos Estados Unidos, França e Holanda.
O Distrito Federal foi o segundo lugar do País em fluxo de passageiros de voos internacionais. O número de turistas foi o mesmo, mas o crescimento foi de 41% ante igual período de 2018. A Bahia vem em seguida, com 5,2% de aumento. São Paulo foi o último estado com desempenho positivo, 3,2% de crescimento. Tiveram queda os estados do Rio de Janeiro (-2,6%), Pernambuco (-5,4%) e Minas Gerais (-28%).
Para o titular da Secretaria do Turismo do Ceará, Arialdo Pinho, os números revelam que o Estado vivencia uma crescente maior que a média nacional. "Nosso trabalho é pra continuar impulsionando esses números e também no sentido de impressionar esse turista pra que ele queira voltar e fale bem do nosso destino pra familiares e amigos", destaca.
Abav Expo
Representantes do governo cearense estão em São Paulo divulgando o Ceará como destino durante a Abav Expo, que começou hoje (25). Na próxima semana, o governo também fará o trabalho de divulgação em Paris, Amsterdã, Buenos Aires e Itália.
"As próximas semanas são muito importantes no calendário do turismo e o Ceará não fica de fora. Vamos participar de tudo com destaque para manter os bons índices do nosso turismo. Aliando a isso, o investimento em publicidade e melhoria da infraestrutura do Estado", completa Arialdo Pinho.

Fonte: DN

radioprogresso

0 comentários:

Postar um comentário