busin
Esportes

Fortaleza encerra centenário vitorioso e comemora hoje os 101 anos


Hoje, 18 de outubro de 2019, é daqueles dias que o torcedor do Fortaleza acorda com muitos motivos para festejar. Não só pelo aniversário de 101 anos do clube, marca que, por si só, já resguarda todas as pompas. Mas as razões para celebração são ainda maiores considerando a realidade atual do Leão. Afinal, no último ano, que marcou o Centenário Tricolor, o clube teve a conquista dos títulos mais relevantes de sua história e uma nítida elevação de patamar no cenário nacional, que serve como catapulta para vislumbrar mais êxito numa nova era que se inicia.
Nos últimos 365 dias, os leoninos viveram fortes emoções. Ainda em 2018, no início dos 100 anos, os primeiros frutos da comemoração secular já foram marcantes. O acesso à Série A do Campeonato Brasileiro e o posterior título da Série B (o primeiro de porte nacional da história do clube) garantiram êxtase para uma nação que viveu uma década sofrida após oito anos de calvário na Série C.
Meses depois, a conquista do Campeonato Cearense sobre o maior rival Ceará, de forma inconteste, garantiu também a hegemonia estadual num ano tão importante. Mas o Leão foi além e dominou o Nordeste, vencendo de forma inédita a Copa do Nordeste e garantindo a "tríplice coroa".
"Vivemos um presente de muita gratidão. A gente só pode agradecer a Deus por tudo que o Fortaleza tem passado nos últimos anos, e tendo feito a sua torcida feliz com acessos, títulos, conquistas esportivas e sociais. Com três títulos dentro do Centenário, temos muito que comemorar", declarou o presidente Marcelo Paz, ontem, em sessão especial realizada no Senado Federal em homenagem aos 100 anos do clube.
A sessão teve como presidente o senador Luís Eduardo Girão (Podemos/CE), ex-presidente do Leão, que em 2017 comandava o clube quando conseguiu o acesso da Série C para a Série B.
O discurso de Marcelo Paz foi emocionado, mas ele tem razão. A evolução que o Tricolor demonstrou neste período foi, de fato, enorme. Não somente dentro de campo, mas em termos administrativos, econômicos, estruturais e de gestão. Esta é a grande marca da "era Marcelo Paz", que prospecta um futuro ainda mais vitorioso.
"Hoje (ontem), é o último dia do primeiro centenário e amanhã (hoje) é o primeiro dia do segundo centenário. Vamos olhar para o futuro, estamos construindo o nosso Centro de Excelência, que vamos tratar muito bem 30 pessoas: os jogadores do Fortaleza. Para que a gente possa bater de frente com qualquer clube do futebol e conseguir, em alguns anos, estar em um patamar maior", destacou Paz.
O caminho para isso passa, impreterivelmente, pela permanência na Série A. Atualmente com 28 pontos, o Leão tem apenas dois a mais que o CSA, primeiro time no Z-4, e o alerta está ligado no Pici para que a distância para a área da degola possa aumentar e, consequentemente, garantir mais motivos para sorrir.

Fonte: DN

radioprogresso

0 comentários:

Postar um comentário