busin
Ceará

Hotéis no Ceará lançam plataforma digital com descontos de até 15%


A plataforma Hotéis Ceará foi apresentada ontem e deverá contar com 54 empreendimentosFoto: Fernando Travessoni
Os hotéis cearenses estão buscando melhorar o contato direto com os hóspedes que chegam ao Estado, oferecendo um novo canal direto de reservas online. A partir do lançamento de uma plataforma própria de agendamento online, ativa desde o dia 17 de outubro, a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (Abih-CE) espera dar um novo suporte aos clientes com descontos que podem variar entre 10% e 15%, somando as vantagens exclusivas de cada unidade. Ao todo, o site conta com 54 hotéis no Ceará, com a maioria deles - cerca de 80% - instaladas na capital cearense.
"Na realidade, o que a gente está criando é mais uma opção para o consumidor final, e a intenção não é competir com ninguém, até porque nós somos grandes parceiros das operadoras de reservas. Mas temos observado no mundo essa tendência: o turista tem buscado muito o hotel de forma direta e é isso que estamos buscando com esse serviço", explicou o presidente da Abih-CE, Eliseu Barros.
Com a plataforma, os empresários do setor hoteleiro do Ceará esperam melhorar o contato com os hóspedes e reduzir encargos por operações terceirizadas, como as comissões de outras plataformas, como o Booking.Com e agências de viagem. De acordo com os representantes do setor, os encargos com esses meios de reserva pode chegar a 41% do valor cobrando nas reservas.
Com a criação da nova plataforma, nomeada de Hotéis Ceará, os empresários esperam reduzir a parcela repassada a "atravessadores", que tiveram um crescimento exponencial nos últimos anos com a evolução do mercado para um cenário mais digital.
Contraponto
A proposta, no entanto, recebeu algumas críticas do atual secretário do Turismo do Estado, Arialdo Pinho. Ele defendeu que o novo serviço, caso ofereça de fato valores muito abaixo do mercado já estabelecido, pode acabar prejudicando o desempenho do Estado.
Pinho ponderou que uma competição mais dura com as outras plataformas poderia levar a um tipo de boicote ao Ceará se os sites mais reconhecidos se sentirem prejudicados. Ofertar um desconto muito acima da média, para o secretário do Turismo, pode fazer com que as plataformas diminuam ofertas para destinos cearense nos sites e aplicativos de reserva e desconto. "A minha preocupação é que isso precisa ter um equilíbrio com o mercado, porque se você faz um site em que os próprios hotéis oferecendo preços mais baratos do que os sites, pode haver bloqueio dessas outras plataformas e matar nosso destino", defendeu Arialdo.
O secretário de Turismo ainda projetou que a medida pode afetar a articulação dos hotéis ligados à Abih-CE com essas plataformas e agências de viagem. Os empresários do setor, contudo, que estiveram reunidos ontem no Mareiro Hotel, reforçaram que a proposta não é competir diretamente, mas sim ofertar um novo canal de contato com possíveis novos clientes.

Fonte: DN

radioprogresso

0 comentários:

Postar um comentário