busin
Tecnologia e Games

AMD lança novos processadores premium com até 32 núcleos; veja modelos



AMD revelou, nesta quinta-feira (7) a terceira geração dos processadores top de linha Threadripper. A linha para desktop ganhou dois modelos: o 3960X e o 3970X, com 24 e 32 núcleos, respectivamente. Além disso, a fabricante também lançou o novo Ryzen 9 3950X, de 16 núcleos, com chegada prevista para o próximo dia 25 de novembro com preço de US$ 749, algo em torno de R$ 3.067 na cotação atual.
Os novos componentes da linha Threadripper trazem até 140 MB de memória cache e prometem velocidades de até 4,5 GHz, além de suporte ao padrão PCIe 4.0. Segundo a marca, a performance dos novos produtos deve ser aproximadamente 47% superior aos rivais diretos da Intel. Os preços ficam em US$ 1.399 e US$ 1.999, cerca de R$ 5.730 e R$ 8.187, respectivamente.

Threadripper 3970X promete bater o i9 9980XE da Intel em até 47%, segundo a AMD — Foto: Divulgação/AMDThreadripper 3970X promete bater o i9 9980XE da Intel em até 47%, segundo a AMD — Foto: Divulgação/AMD
Threadripper 3970X promete bater o i9 9980XE da Intel em até 47%, segundo a AMD — Foto: Divulgação/AMD

Dos novos Threadrippers, o mais em conta traz 24 núcleos e velocidade base de 3,8 GHz, capaz de acelerar a 4,5 GHz por meio de turbo. Já o 3970X, com 32 núcleos, trabalha em velocidades de 3,7 a 4,5 GHz. Em relação ao Intel Core i9 9980XE, rival direto, o modelo mais robusto da AMD deve apresentar performance até 47% superior em aplicativos Adobe, por exemplo, de acordo com a própria fabricante. Em relação ao 3960X, o ganho de performance é de 22% no mesmo cenário.

Para instalar os processadores é necessário recorrer a um novo soquete, o sTRX4. Esse padrão é parte do chipset TRX40, que oferece suporte a até 72 vias PCIe, segundo a AMD. Toda essa largura de banda deve tornar o Threadripper competitivo para usuários que buscam hardware especializado e poderoso. O suporte a periféricos também se destaca, já que é possível conectar até 12 entradas USB-C 3.1 gen2 Super Speed, padrão que promete até 10 Gb/s de velocidade na troca de dados.

Essa alta capacidade de processamento e as especificações robustas refletem no consumo energético. A TDP dos produtos é de até 280 Watts, valor que fica bastante acima dos 165 Watts indicados pela Intel no caso do Core i9 9980XE. Dessa forma, um computador equipado com o componente vai precisar de uma fonte poderosa para suprir a demanda.

Novo Ryzen 9 é o mais rápido da linha
Novo Ryzen 9 3950X tem 16 núcleos e é o Ryzen mais poderoso lançado pela AMD — Foto: Divulgação/AMDNovo Ryzen 9 3950X tem 16 núcleos e é o Ryzen mais poderoso lançado pela AMD — Foto: Divulgação/AMD
Novo Ryzen 9 3950X tem 16 núcleos e é o Ryzen mais poderoso lançado pela AMD — Foto: Divulgação/AMD

Além dos Threadripper, a AMD confirmou a chegada do Ryzen 9 3950X, também para o dia 25 de novembro. O modelo é equipado com 16 núcleos e promete velocidades de 3,5 a 4,7 GHz, além de 105 Watts de TDP. De acordo com a marca, o 3950X deve apresentar renderização até 26% mais rápida no Adobe Premiere Pro em relação ao Intel Core i9 9920X, seu concorrente direto.

O novo Ryzen chega ao mercado dos Estados Unidos por US$ 749, algo em torno de R$ 3.067 em conversão direta. Compatível com soquetes AM4, o Ryzen 9 3950X é desenhado ainda para ser utilizado em computadores com sistema de refrigeração líquida.

Outra novidade revelada pela AMD é o Athlon 3000G, mais em conta que os Threadripper e os Ryzen, mas que ainda assim promete bom desempenho. O chip, que concorre diretamente com os Pentium, da Intel, chega com overclock para superar o clock padrão de 3,5 GHz. O componente também pode ser instalado em soquetes AM4 e chega às lojas estadunidenses no dia 19 de novembro, custando US$ 39, aproximadamente R$ 200 na cotação atual.

Via AMD (1, 2) Engadget, The Verge, PC World

Fonte: G1

radioprogresso

0 comentários:

Postar um comentário