busin
Esportes

Ceará vence Internacional na Arena Castelão e ultrapassa Fortaleza na Série A



Thiago Galhardo chegou ao 10º gol no BrasileirãoThiago Gadelha / SVM
Às vésperas do Clássico-Rei, o Ceará usou força máxima contra o Internacional e venceu por 2 a 0 nesta quinta-feira (7). Os gols alvinegros foram de Thiago Galhardo, que chegou ao 10º na Série A do Brasileiro, e Mateus Gonçalves. 
O resultado na 31ª rodada faz o Vovô ultrapassar o Fortaleza na tabela e subir para 13º, com 36 pontos - o Leão tem saldo negativo inferior: 1 contra -6. O duelo frente ao arquirrival é domingo (10), às 19 horas, com mando tricolor.
Já o Internacional cai para 8º, com 46. O Colorado enfrenta o Fluminense também no domingo, mas às 16 horas, no Beira-Rio.

PRIMEIRO TEMPO




Pedro Ken substituiu Willian Oliveira na etapa inicialThiago Gadelha
O técnico Adilson Batista escalou o Ceará com o que tem de melhor. Sem poupar peças para o Clássico-Rei, foi forçado a substituir logo aos 11, quando Willian Oliveira sentiu lesão muscular e cedeu lugar para Pedro Ken. Em campo, o 4-2-3-1 não conseguiu se impor e viu o Internacional dominar as ações ofensivas.
Explorando erros individuais no lado direiro alvinegro, Patrick conseguiu espaço e executou arremates com perigo. O meia também conseguiu cruzamento para Cuesta, que testou à direita do goleiro Diogo Silva.
Quando se mostrava mais acuado, o Vovô foi letal e abriu o placar. Aos 41, em contra-ataque, Felipe Silva acionou Samuel Xavier, que cruzou para Galhardo completar e chegar ao 10º gol no Brasileirão. No fim, o time cearense se fechou bem e levou o resultado para o intervalo.

SEGUNDO TEMPO



Fabinho atuou alternou em campo entre a lateral e o meio-campoThiago Gadelha
O Internacional volta a campo ligado e buscando o resultado. Com linhas de marcação adiantadas, o Colorado empurrou o Ceará para a defesa e dominou a posse: 63%.
Precisando correr atrás da bola, o Vovô ainda perdeu Galhardo, com dores musculares, para o lugar de Mateus Gonçalves aos 14. Melhor na partida, o Internacional não conseguiu o empate aos 18 devido milagre de Diogo Silva, que defendeu cabeçada de Patrick à queima-roupa.
O ímpeto diminuiu com o desgaste físico, e o Ceará foi inteligente. Apostou no contra-ataque e ampliou o marcador com Mateus Gonçalves, que aproveita uma lance desperdiçado por Bergson para bater no canto e decretar a vitória na Arena Castelão: 2 a 0.

Fonte: DN

radioprogresso

0 comentários:

Postar um comentário