busin
Esportes

Clássico-Rei: confira todos os mosaicos das torcidas de Ceará e Fortaleza



Lados tricolores e alvinegros preparam mosaicos permanentesFoto: Raisa Martins / SVM
No maior jogo do futebol cearense, as torcidas de Ceará Fortaleza promoveram uma festa nas arquibancadas da Arena Castelão. Com mosaicos, show pirotécnico e muita vibração, alvinegros e tricolores realizaram ações permanentes neste domingo (10).
Mandante do Clássico-Rei, o Leão fez valer o maior número de torcedores e preparou três mosaicos. O primeiro trouxe jornais com manchetes de grandes vitórias frente ao rival, além da frase "A história conta". Depois foi a vez de um arranjo com personagens do clube, como Marcelo Paz e Alcides Santos, e a frase "La Casa do Troféu", em alusão aos títulos da Copa do Nordeste, Campeonato Cearense e Série B - em 2018, atletas vestiram fantasias em alusão à série espanhola da Netflix que trata do roubo da Casa da Moeda na Espanha.

Grandes resultados do Fortaleza em jornaisFoto: Thiago Gadelha / SVM


La Casa de TroféuFoto: Thiago Gadelha / SVM

Por fim os tricolores preparam uma imagem permanente com o símbolo da Torcida Uniformizada do Fortaleza (TUF) nas cores vermelho, azul e branco. A montagem se manteve durante todo o 1º tempo.

FESTA ALVINEGRA

No lado alvinegro, através do setor Sul, o Ceará trouxe um mosaico intitulado "Supremacia", em que foi exposto o histórico do Clássico-Rei, que tem vantagem do Vovô, além dos artilheiros Mota e Sérgio Alves. Na sequência foi exposto o nome da Torcida Organizada do Ceará (TOC) e caixões que lembravam os oito anos do Fortaleza na Série C.

Histórico de jogos do Clássico-Rei com vantagem do CearáFoto: Kid Júnior / SVM
A expressão "8C" também foi exibida como forma de provocação aos torcedores rivais. No ano passado, o atacante Arthur Cabral entrou em campo pela última vez com a camisa do Vovô tendo a sigla desenhada no próprio cabelo.

Mosaico com os anos em que o Fortaleza esteve na Série CFoto: Kid Júnior / SVM

Mosaico permanente da torcida do CearáFoto: Raisa Martins / SVM
Fonte: DN

radioprogresso

0 comentários:

Postar um comentário