busin
Ciências e Saúde

Médicos discutem a necessidade do exame de toque na próstata



Estamos no Novembro Azul, um movimento mundial para reforçar a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de próstata.
O câncer de próstata é o mais frequente entre os homens, depois do câncer de pele. Embora seja comum, muitos homens preferem não conversar sobre o assunto, seja por medo, desconhecimento ou preconceito.
E no décimo segundo episódio do podcast do Bem Estar, Fabricio Battaglini conversa com dois especialistas sobre o câncer de próstata. Participaram do episódio o oncologista Fernando Maluf e o médico da família Giuliano Dimarzio. No bate-papo eles discutiram a necessidade do exame de toque retal e PSA (exame de sangue).
O oncologista Fernando Maluf explicou que o PSA e o exame de toque retal podem indicar o câncer, mas a certeza vem pela biópsia. “Não existe certeza só pelo toque ou PSA. Os tumores mais agressivos não expressam bem no PSA, por exemplo”. Ele alertou que o PSA e o exame do toque se complementam.
“O PSA não é um exame tão preciso e precisa estar bem indicado, somando ao exame do toque retal”, complementou o médico da família Giuliano Dimarzio.

Fonte: G1

radioprogresso

0 comentários:

Postar um comentário