busin
Cariri

Motoristas de aplicativo arrecadam alimentos para o IACC, em Barbalha



Foto: Divulgação/Bora Cariri
Cooperativa dos Motoristas por Aplicativos do Bora (Coopmab) fez a entrega, nesta terça-feira (19), de quase uma tonelada de alimentos não-perecíveis para o Instituto de Apoio à Criança com Câncer no Cariri (IACC). Os itens colhidos serão destinados às famílias das crianças assistidas pela a instituição, sediada em Barbalha.
Segundo o coordenador de marketing do aplicativo de mobilidade, “Bora Cariri”, José Neto, a ideia de ajudar instituições que trabalham com crianças partiu dos próprios motoristas cooperados que, em convenção, escolheram apoiar o IACC. “Muitas vezes eles recebem brinquedos, mas como há uma parcela de famílias carentes atendidas pela Instituição, seria melhor os alimentos”, explica.
Com a ajuda de empresas parceiras, como supermercados, faculdades e escolas, os motoristas de aplicativo espalharam várias caixas de coleta em Barbalha, Crato e Juazeiro do Norte. A arrecadação foi encerrada na última semana. “O resultado foi muito satisfatório. Este lado social do ‘Bora’ não ficará só nisso. Com a expansão do aplicativo, ajudaremos outras pessoas”, antecipa José Neto.
O IACC
Fundado há mais de 15 anos, o IACC é uma organização não governamental e sem fins lucrativos que atende às necessidades psicossociais de crianças e jovens em tratamento contra o câncer. Lá, são acolhidas pessoas de 0 a 19 anos, oferecendo hospedagem, alimentação e apoio a elas e seus cuidadores. Atualmente, são 58 pacientes atendidos vindos várias cidades do Cariri. A instituição fica na Rua Divino Salvador, 222, Centro, Barbalha.
‘Bora Cariri’
A partir da demanda de melhorar a taxas para motoristas e clientes de transporte por aplicativos, surgiu, ano passado, a Cooperativa dos Motoristas por Aplicativos do Bora (Coopmab), que lançou um produto original, o “Bora Cariri”. Inicialmente cerca de 100 motoristas se cadastraram na ferramenta. Agora, este número triplicou e ainda há uma fila de espera com mil novos profissionais procurando ingressar no serviço.

Fonte: DN

radioprogresso

0 comentários:

Postar um comentário