busin
Economia e Negócios

Pecém com recursos próprios



Sem o Porto do Pecém, o Ceará não seria o que é hoje, uma economia vibrante em permanente crescimento", afirma Maia Júnior
No dia 5 do próximo mês dezembro, o governador Camilo Santana inaugurará a terceira ampliação do Porto do Pecém, que inclui a segunda ponte de acesso, construída pelo consórcio Marquise-Ivaí, e o berço de atracação nº 9, que reforçará o Terminal de Múltiplo Uso (TMUT), pelo qual são embarcadas as placas de aço da usina da CSP e são movimentados, principalmente, os contêineres com cargas de importação e exportação. Nessa ampliação - segundo informa o secretário de Desenvolvimento Econômico, Maia Júnior - o Estado do Ceará investiu R$ 500 milhões, exclusivamente com recursos próprios do Tesouro estadual, ou seja, "sem dinheiro do Governo Federal", como ele fez questão de dizer quinta-feira, 31, no ato de lançamento da Expolog, a feira internacional de logística que se realizará nos dias 27 e 28 deste mês, no Centro de Eventos, com a presença de empresas expositoras nacionais e multinacionais.
"Sem o Porto do Pecém, o Ceará não seria o que é hoje, uma economia vibrante em permanente crescimento", afirma Maia Júnior, citando números: "Havia 10 anos, o Pecém movimentava cinco milhões de toneladas de carga; neste ano, ele está movimentando quase 18 milhões de toneladas. E vai chegar, em menos de cinco anos, aos 28 milhões de toneladas".
Ele lembra que, quando o então governador Tasso Jereissati decidiu construir o Porto do Pecém, ouviu "muita gente a dizer: vocês são uns loucos". Maia conclui: "Aí está a loucura que dividiu a história do Ceará em dois capítulos: antes e depois do Pecém".
TOYOTA
Uma fonte que acompanha as tratativas do Governo do Ceará com a Toyota do Brasil para a instalação de um Centro de Distribuição de peças e veículos no Complexo do Pecém, revela: a montadora japonesa estuda a possibilidade de instalar no Brasil uma fábrica de kits de gás natural para veículos que consomem esse combustível. Pecém está no radar da Toyota para essa fábrica.
É diferente
Sobre a Toyota: Cláudio Bastos, CEO da CSP, disse aos diretores da montadora japonesa - por ele recebidos na semana passada na usina do Pecém - que a qualidade da mão de obra cearense "é o que faz a grande diferença". Os japoneses gostaram do que ouviram.
"Os adiados"
Pela segunda vez, em menos de um mês, o Palácio da Abolição adiou uma reunião do governador Camilo Santana com empresários da agricultura cearense, com os quais trataria das dificuldades que estão a enfrentar para o desenvolvimento de projetos da fruticultura, carcinicultura, floricultura, piscicultura, horticultura, pecuária e irrigação - atividades que empregam, formalmente, milhares de pessoas no campo. Os empresários, alguns dos quais são líderes nacionais em seus setores de atuação, já se autodenominam "os adiados". A nova data é sexta-feira, 8.
Premiado
Os projetistas do BS Design, arquitetos Marcelo Silveira e Raimundo Calixto, ganharam a 17ª edição do Prêmio Talento Engenharia Estrutural. O projeto foi o vencedor na categoria "Destaque do Júri", escolhido pela Comissão Julgadora entre os trabalhos de todas as categorias do concurso. A premiação é promovida pela Abece (Associação Brasileira de Engenharia e Consultoria Estrutural) e pela Gerdau, e é a mais importante da engenharia estrutural do País. Beto Studart, o incorporador, celebrou: "Estamos orgulhosos. Acertamos!".
Tecnologia
Atenção! Mais dois Data Centers serão instalados em Fortaleza, consolidando o Hub Tecnológico que se desenvolve na esteira do entroncamento, em Fortaleza, dos cabos submarinos de telecomunicação. O anúncio será feito pelo governador Camilo Santana.
BTG pactual
Quarta-feira, 6, às 18h30, no BS Design, pousará aqui o Banco BTG Pactual, cujo agente autônomo é a cearense Vert Investimentos, que tem 200 clientes em sua carteira e uma meta agressiva: finalizar o ano de 2020 com R$ 1 bilhão em ativos sob sua assessoria.

Fonte: DN

radioprogresso

0 comentários:

Postar um comentário