busin
Economia e Negócios

Porto do Mucuripe entrará em lista de prioridades de privatizações



Segundo diretora da Companhia Docas do Ceará, a qualificação do Terminal reforça a importância do equipamento para o desenvolvimento turístico.
Fortaleza deve receber mais um reforço ao desenvolvimento econômico pelo turismo. Dessa vez, a medida que pode impulsionar o crescimento da Capital é a decisão do Governo Federal de incluir o Terminal Marítimo de Passageiros do Porto de Mucuripe (CE) como uma das quatro novas prioridades do Programa de Parcerias de Investimento (PPI), que deverá repassar a gestão de equipamentos estatais à iniciativa privada. A reunião de qualificação dos projetos da carteira do PPI deverá acontecer nesta terça-feira (19).
Além do terminal cearense, estão incluídos o Terminal PAR32, no Porto de Paranaguá, os estudos para o Terminal STS08, no Porto de Santos, e o apoio ao licenciamento ambiental de trecho da Rodovia Federal BR-135, no Estado de Minas Gerais.
A medida foi recebida como positiva pela administração do Porto do Mucuripe. De acordo com a diretora-presidente da Companhia Docas do Ceará, Mayhara Chaves a qualificação na carteira do programa indica a posição do Governo Federal de enxergar o terminal como um ponto importante para a economia.
A diretora também comenta que, ao repassar a gestão do equipamento para a iniciativa privada, Fortaleza poderá registrar um incremento no número de turistas que chegam à Capital através do terminal de passageiros.
"A prioridade nacional do Terminal Marítimo de Passageiros do Porto de Fortaleza no Conselho do Programa de Parcerias de Investimento (PPI) pelo Governo Federal reforça a importância deste equipamento turístico que, ao ser concedido para a iniciativa privada, incrementará o fluxo de turistas por cruzeiros na capital cearense. Consequentemente, trará mais crescimento econômico", diz Chaves.
Definição
Além dos quatro equipamentos citados hoje, o Governo já havia incluído outras nove empresas estatais no PPI no último mês de agosto.
A lista incluía a Telecomunicações Brasileiras S/A (Telebras), Correios, Companhia Docas de São Paulo (Codesp), Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social (Dataprev), Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), Empresa Gestora de Ativos (Emgea), Centro de Excelência em Tecnologia Eletrônica Avançada (Ceitec), Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp), Agência Brasileira Gestora de Fundos Garantidores e Garantias (ABGF). O PPI é o órgão responsável pelas privatizações e liquidações de empresas públicas federais.

Fonte: DN

radioprogresso

0 comentários:

Postar um comentário