busin
Ceará

Fortaleza é a mais procurada no verão por turistas do NE, diz MTur



Praias, hospitalidade e gastronomia de Fortaleza explicam sucesso do destino, segundo o ministroFOTO: NILTON ALVES
A cidade de Fortaleza foi o destino turístico mais procurado para o período do verão, que vai de dezembro deste ano até fevereiro de 2020, pelos viajantes nordestinos. A conclusão foi de um estudo realizado pelo Ministério do Turismo (MTur), que revelou ainda que os atrativos de Pernambuco, Bahia, Ceará, São Paulo e Rio Grande do Sul foram os mais procurados pelos turistas do Nordeste para o período. Para 15,9% dos turistas cearenses, os destinos paulistas foram os mais demandados para o verão. O próprio Ceará (14,8%) e o Rio de Janeiro (12,5%) também foram alguns dos mais buscados por eles.
Depois de Fortaleza, aparecem ainda Natal, Gramado, Maceió, Rio de Janeiro, Porto Seguro, São Paulo, Salvador, Ipojuca e Recife. A pesquisa do MTur foi feita com agências de viagens dos nove estados da região. Tirando o segmento "Sol e Praia" (46,2%), os viajantes da região foram os que mais buscaram o turismo de negócios na Capital (14,9%). O levantamento mostra que quase metade deles (43%) irá viajar em família.
O estudo trouxe a perspectiva das empresas da região em relação ao desempenho, faturamento, demanda de serviços e geração de empregos de outubro de 2019 a março de 2020. Para 14,6% delas, a perspectiva é que o número de empregados aumente.
Além disso, 46,9% acreditam que a demanda pelos serviços ofertados cresça no período. Outro dado positivo é que 46,6% indicaram um cenário com perspectiva de aumento no faturamento para os próximos meses.
Fatores
Para o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, a escolha do turista por Fortaleza tem vários motivos. "Podemos citar aqui as belas praias que a cidade possui, a receptividade do seu povo, além da gastronomia que é singular da região. Fizemos um estudo de demanda turística com os turistas estrangeiros que visitaram Fortaleza no ano passado e os itens mais bem avaliados pelos mesmos são a hospitalidade e a gastronomia da Capital cearense. Não poderia ser diferente". Ele cita ainda outros atrativos da cidade, que envolvem sol, mar, praias, monumentos históricos e cultura popular.
Recentemente, a Capital ganhou o título da Unesco de Cidade Criativa na categoria Design. Este título é um instrumento que afeta diretamente a qualidade de vida das cidades, criando soluções criativas de melhorias locais. O turismo tem muito a ganhar com isso, pois diversifica ainda mais os atrativos para todos os tipos de turistas, além de fortalecer o potencial da localidade".
De acordo com a pesquisa, os turistas baianos, maranhenses e piauienses pretendem conferir de perto os atrativos cearenses. Já os alagoanos e pernambucanos preferiram os destinos de Pernambuco. Os paraibanos selecionaram os destinos do próprio estado e os sergipanos optaram por destinos de Alagoas e Bahia para aproveitarem o verão. Na contramão desses lugares, os cearenses e os potiguares elegeram São Paulo e Rio Grande do Sul, respectivamente.
Experiência
Segundo o secretário do Turismo de Fortaleza (Setfor), Alexandre Pereira, o resultado da pesquisa é fruto de um trabalho constante de divulgação e aprimoramento do turismo de experiência na cidade. "Nós trabalhamos o turismo de experiência. Fortaleza é também uma cidade para os fortalezenses. Ao fazer Fortaleza uma cidade boa e melhor para se viver, ela seria naturalmente boa para o turista".
O titular da Setfor afirma que, entre os nordestinos, os turistas de Salvador e Natal são os que mais visitam Fortaleza.
"Mas também nós temos hoje uma procura importante internacional. Temos uma grande influência de procura do Sudeste, principalmente, São Paulo". Na pesquisa do MTur, em todo o País, Fortaleza é uma das preferidas pelos viajantes do Paraná, Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo e Bahia.
Em uma pesquisa do Voopter, ferramenta de buscas de viagens, Fortaleza é o destino mais procurado no Nordeste para os brasileiros que irão viajar no verão. Na lista elaborada pela ferramenta, a Capital encontra-se em terceiro lugar no País, atrás apenas de São Paulo e Rio de Janeiro. Entre as cidades do Nordeste, Recife ficou em 4º lugar, seguida por Salvador (5º), Maceió (8º) e Natal (9º).
Movimentação
De acordo com a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), o Aeroporto de Fortaleza movimentou, de janeiro a novembro deste ano, mais de 6,4 milhões de passageiros. O número é 10,3% superior ao registrado em igual período do ano passado, quando passaram pelo terminal cerca de 5,8 milhões de pessoas.
Quando se trata de movimentação internacional, passaram pelo Aeroporto de Fortaleza, no acumulado deste ano, 503,4 mil passageiros, cerca de 47,4% maior do que em igual período de 2018, quando o terminal movimentou 341,5 mil pessoas.

Movimentação do Aeroporto cresceu 21% , de janeiro a novembroFOTO: MIGUEL DE PAULA
Jeri terá pelo menos 80 voos extras nesta alta estação
A movimentação de turistas no Aeroporto de Jericoacoara deve aumentar neste período de alta estação. Isso é reflexo do número de voos extras que pousarão no terminal. As duas companhias aéreas que operam em Jeri - Azul e Gol - deverão ter juntas, pelo menos, 80 voos extras.
Tanto Gol quanto Azul farão voos sazonais para o Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo. A Azul, por exemplo, está operando do dia 20 de dezembro de 2019 a 1º de fevereiro de 2020, frequências diárias para o terminal paulista. Segundo a empresa, o Airbus A320neo, com capacidade para 174 passageiros, sai de Guarulhos às 23h55 e chega em Jeri às 3h15 do dia seguinte. O voo de volta parte às 4h e chega às 7h20 em Guarulhos.
A Azul também possui voos semanais entre Viracopos (Campinas) e Jeri e outros quatro semanais para Confins, em Belo Horizonte. Já a Gol informou que vai realizar 42 operações extras em Jericoacoara entre dezembro deste ano e fevereiro de 2020, todos com destino a Guarulhos (SP).
O Aeroporto Regional de Jericoacoara Comandante Ariston Pessoa, no município de Cruz, litoral oeste do Ceará, cresceu 21% em movimentação de passageiros, de janeiro a novembro deste ano, na comparação com igual período de 2018.
No acumulado de 2019, passaram pelo terminal quase 95 mil passageiros, enquanto que de janeiro a novembro do ano passado foram 78,3 mil pessoas. Os dados são da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).
A partir de fevereiro de 2020, a Gol, em parceria com a TwoFlex, vai disponibilizar quatro voos diários entre Jericoacoara e Fortaleza. As aeronaves utilizadas serão o Cessna Grand Caravan, para nove passageiros. A rota deve movimentar cerca de 1,5 mil pessoas por mês e aproximadamente 18 mil por ano.
Em pesquisa realizada ontem (23) no site da Gol, os preços entre Fortaleza e Jeri, para o período de 16 a 23 de março de 2020, custam R$ 643,08, ida e volta, com as taxas de embarque incluídas e direito a despachar uma mala de 23kg.
Empresários do NE otimistas
Pesquisa realizada pelo Ministério do Turismo, em outubro deste ano, analisou a percepção dos empresários do ramo hoteleiro do País quanto ao desempenho e à perspectiva de seus estabelecimentos e de seus destinos. Na região Nordeste, a Sondagem Empresarial mostrou que 30,6% esperam que os turistas gastem mais em suas viagens nos próximos quatro meses, período da temporada de verão 2020.
O estudo aponta ainda que 63,2% dos entrevistados pretendem investir em seu negócio até março do ano que vem e 24,5% preveem contratar mais funcionários. Além disso, 35,6% acreditam que a demanda pelos serviços ofertados irá aumentar e 40% projetam aumento no faturamento da empresa. Os empresários também se mostraram positivos em relação à expansão do turismo na região para os próximos seis meses: 33% acreditam que haverá aumento na rentabilidade do setor e 35% esperam crescimento na demanda pelo destino.

Fonte: DN

radioprogresso

0 comentários:

Postar um comentário