busin
Fama

Gracyanne Barbosa fala de seu Carnaval e rebate críticas: "Meu corpo é minha arte"


Gracyanne Barbosa se inspira em Monique Evans e Luma de Oliveira para o Carnaval (Foto: Samuel Melim/Divulgação)
tão regrada com sua alimentação e rotina de exercícios que não precisa fazer uma preparação especial para o período de Carnaval. A rainha de bateria da União da Ilha, escola do Carnaval do Rio de Janeiro, contou em entrevista para Quem que apenas intensifica a parte aeróbica para ter mais resistência durante o desfile.
“Fisicamente não altero absolutamente nada. Meus cuidados fazem parte de uma rotina que prezo pelo meu bem estar e saúde. Me sinto feliz tendo esse estilo de vida. Mas para o Carnaval, intensifico a parte aeróbica, pois a rainha de bateria é a primeira a entrar na Avenida e a última a sair. É bastante tempo em cima de um salto e com uma fantasia pesada. Me preparo nesse sentido, para aguentar”, explica ela, que malha até no dia do desfile.
"Tenho uma academia em casa, então facilita muito. Eu me sinto feliz e bem malhando. É a minha terapia para não surtar diante de tantos problemas, dificuldades e lutas diárias que a vida nos dá. No fim do dia, meu balanço é sempre positivo quando me olho no espelho e vejo que fui fiel a mim mesma em minhas escolhas. Então, o treino diário faz parte dessa satisfação interna que tenho. Não me imagino entrando na Avenida e sentindo falta de algo em mim."
Casada com o cantor Belo, ela afirma que não deixa de fazer sexo antes do grande dia, como atletas costumam fazer antes de uma competição importante. Ela acha que a atividade faz bem em qualquer momento. "Sexo é bom sempre, antes, durante e depois do Carnaval", ressalta.
Gracyanne Barbosa diz que Belo é muito parceiro (Foto: Samuel Melim/Divulgação)
A morena é só elogios ao parceiro, que costuma não marcar nada em sua agenda como cantor no dia do desfile. "O Belo é um marido parceiro. Sempre me apoiou e me incentivou. Ele me ajudou e ajuda muito no Carnaval com as histórias que ele já viveu e me contando a importância das comunidades, histórias de velha guarda e das baianas. Ele é um gentleman e breca a agenda por minha causa. Mas ele também tem o Carnaval em sua veia.  Esses dias, ele visitou vários barracões na Cidade do Samba para conhecer os projetos. Belo é o cantor popular que mais ama e defende essa festa maravilhosa. Se eu sou uma rainha, ele é um rei. O meu rei também."
RAINHA MUSCULOSA
Os músculos sempre em evidência da rainha já geraram críticas para os que preferem mulheres com o padrão de curvas mais tradicional. Gracyanne afirma que não se incomoda com as críticas.
"Agradeço a todos que tecem elogios e até críticas ao meu corpo. Meu corpo é minha arte. E toda arte é subjetiva, uns compreendem e outros não. Agradeço a todos que estão do meu lado, apoiando minhas decisões. Sou bem tranquila em relação às críticas e opiniões diferentes das minhas. Não faço nada me baseando na opinião pública. Faço por mim, me guiando pelo meu instinto e seguindo minhas vontades e decisões. Faço o que me agrada e me deixa bem. Entendo quem se sinta ofendido com uma mulher que tenha liberdade e que faz o que bem entende para ser feliz. Faz parte do jogo quando somos pessoas públicas. E é natural que o ser humano tenha opiniões a respeito de tudo, faz parte do processo. Se há preconceito e críticas, tudo ok, seguirei buscando minha felicidade", garante ela.
Gracyanne Barbosa malha até no dia do desfile (Foto: Samuel Melim/Divulgação)
SEM DEFEITOS
Gracyanne não acredita na perfeição e diz que não busca isso. Ela conta que se desprendeu desta demanda no passado. "Ainda me cuido e ainda corro atrás para sempre ir me adequando perante a necessidade que meu olhar tem, ao me ver no espelho. Não sou perfeita, isso não existe, e já me desprendi disso há muitos anos."
SEM EXTREMOS
Passar fome ou deixar de beber água para ficar mais seca no grande dia não são costumes de Gracyanne. Ela afirma que nunca fez extremos em sua história com a folia.
"Ficar sem água? Não imagino no verão carioca conseguir ficar duas horas sem me hidratar. Já até pensei sobre casos de dar vontade de urinar ou então de ficar com o corpo inchado, mas por questão de saúde, não fico sem água nunca e nem aconselharia a alguém a isso! Jejum também não faço! Respeito quem faça, mas uma boa alimentação, regrada e intervalada, faz com que você se sinta bem em todos os momentos. O corpo não irá responder diferente diante disto."
Gracyanne Barbosa garante que lida bem com as críticas ao corpo musculoso (Foto: Samuel Melim/Divulgação)
FANTASIA SEM PENA
Para representar a paz no samba enredo Nas Encruzilhadas da Vida, Entre Becos, Ruas e Vielas, a Sorte Está Lançada: Salve-se Quem Puder!, Gracyanne não usará penas de animais e vestirá um acessório especial trazido de Paris, na França.
"O enredo da União da Ilha é a realidade das favelas. Venho representando e clamando pela paz nas instituições de ensino. Não usarei penas, aboli isso de meus desfiles, quando entendi que o processo de extração nem sempre é feito com responsabilidade e de forma legal. Vou usar uma peça que trouxe de Paris, que vai dar um efeito ilusório bacana", adianta.
Gracyanne Barbosa vai usar um acessório de Paris durante o desfile de Carnaval (Foto: Samuel Melim/Divulgação)
PERRENGUE CHIQUE
A fantasia certa é sempre uma preocupação para a morena, que já passou por uns perrengues na Avenida por causa de peças com problemas.
"Já vesti muitos ateliês de Carnaval antes de me encontrar totalmente com o Henrique Filho. Já tive muito problema de fantasia, mas num geral com costeiros. Hoje isso faz parte da minha história e levo numa boa, mas na hora é perrengue. Ah e já tive problemas com o zíper de botas e sapatos, mas ninguém percebeu, pois segui feliz e sambando", relembra.
Gracyanne Barbosa acredita que o sexo seja bom antes e depois do desfile (Foto: Samuel Melim/Divulgação)
INSPIRAÇÕES CARNAVALESCAS
A rainha que Gracyanne se tornou foi inspirada nas musas dos anos 90 do Carnaval, entre elas Monique EvansLuiza Brunet Luma de Oliveira. Ela destaca os pontos altos de cada personalidade.
"Tantas mulheres me inspiram na vida e na Sapucaí. Luma (de Oliveira) é um ser iluminado, que desfilava sua alma e toda a sua verdade ali naquela festa. Os cuidados de (Luiza) Brunet com sua beleza e a de suas fantasias, além de todo o tempo dedicado ao Carnaval, também são inspiradores. Fabia Borges é um espetáculo de mulher e sua exuberância e sex appeal eram bem mesclados a sua arte. Também tem o pioneirismo e a modernidade de Monique Evans e a beleza sem igual de Valéria Valenssa, que mesmo nua, exibia seu corpo sem vulgaridade. São tantas outras mulheres que abriram as portas para hoje nós reinarmos", avalia.
Gracyanne Barbosa não muda sua alimentação e rotina fitness para o Carnaval (Foto: Samuel Melim/Divulgação)
CARNAVAL ATÉ O FIM
Gracyanne é tão apaixonada pelo Carnaval que não pensa em se aposentar. Ela conta que se imagina desfilando na terceira idade assim como a atriz Dercy Gonçalves, morta em 2008.
"São tantos anos de Carnaval que não me imagino longe dele. Quero desfilar até não aguentar mais. Quero ir igual a Dercy, de peito de fora, até quando for mais velha. A União da Ilha é minha família, que me abraçou como ninguém, e quero brincar muito na escola como rainha e também em outros postos e posições. Quero estar com o povo e de mãos dadas com a comunidade até não aguentar mais."
Gracyanne Barbosa quer desfilar até ter a idade de Dercy Gonçalves (Foto: Samuel Melim/Divulgação)
Gracyanne Barbosa desfila no Carnaval do Rio de Janeiro (Foto: Samuel Melim/Divulgação)
Gracyanne Barbosa em ensaio de Carnaval (Foto: Samuel Melim/Divulgação)

Fonte: G1

radioprogresso

0 comentários:

Postar um comentário