busin
Ciências e Saúde

Saiba o que fazer para se proteger do sol



Passar protetor solar FPS 30 é o ideal para proteger a pele e conseguir se bronzear ThinkStock/VEJA/VEJA

O sol do verão já está rachando em todo o país e com a criançada de férias, as praias são uma farra. Mas não dá para deitar no sol sem se preocupar e o Bem Estar traz dicas para se bronzear sem arriscar a saúde.
A equipe do Bem Estar desceu a serra de São Paulo e foi parar nas praias de Praia Grande, no litoral sul. Com a ajuda da dermatologista e consultora Márcia Purceli, Michelle Loreto fez a blitz do protetor solar com os turistas e moradores da cidade. (Veja no vídeo)
A primeira dica para quem vai para a praia é: organize os itens essenciais. O que não pode faltar na bolsa? Boné, protetor solar, óculos escuros, chinelo, guarda-sol, toalha, camiseta com proteção para as crianças.
Quem decide tomar um sol sozinho sabe que é difícil passar o protetor solar nas costas. Por isso, a dica da dermatologista é usar o protetor solar em spray. “Ele é mais fácil. Como não precisa espalhar com a mão, você vai colocando como se fosse uma pintura de carro. Então, às vezes, se a pessoa tiver uma flexibilidade boa, ela consegue atingir praticamente todas as áreas do corpo”. Não precisa espalhar com a mão. Do jeito que você coloca, ele adere à pele e já faz a proteção.
E na hora de passar o filtro solar, você prefere passar em casa ou já na praia? Fica a dica do Bem Estar: o ideal é passar em CASA! “O ideal é passar em casa, sem roupa. Depois de passar, colocar a roupa de praia”.
Atenção: TODOS os tipos de pele precisam de proteção solar. E lembre-se de repassar o protetor de duas em duas horas se estiver na praia, piscina.

Quantidade de filtro solar

Você não precisa ficar branco de tanto protetor solar. Uma colher de chá para cada parte do corpo é a quantidade certa. “É um fundinho de mão. Esfregue uma mão na outra e espalhe no corpo”.

Tomei muito sol, e agora?

As pessoas sabem dos riscos de tomar muito sol, mas às vezes, acabam esquecendo do protetor solar. “Banhos frios, utilizar hidratantes fluídos, não tão cremosos, e hidratação”, alerta o dermatologista Emerson Andrade Lima.
Outra dica é fazer compressas de chá de camomila. Não precisa ser gelado, pode ser em temperatura ambiente.

Crianças e proteção solar

É importante que o filtro solar em criança seja o infantil. “A química dele é diferente da do filtro solar de adulto. Tem muito mais filtro físico, ou seja, protege mais na superfície. Ele sai menos na água também”, orienta a dermatologista.
E qual o fator de proteção? “O ideal é que seja o 50, mas hoje a gente também tem no mercado alguns que são 30. O importante é passar e repassar. Todas as vezes que a criança entrar na água, tem que tirar a areia, enxugar e repassar o protetor”, completa Márcia Purceli.
Outro acessório importante é o boné. Além dele, é bom investir na roupa com proteção solar. “Ela é cara, mas fica garantido que você está o dia inteiro com essa proteção”.

Fonte: G1

radioprogresso

0 comentários:

Postar um comentário