busin
Esportes

Com Neymar em alta, PSG abre as oitavas da Liga dos Campeões contra o Borussia Dortmund



A Liga dos Campeões tem sido um calvário nos últimos anos para o Paris Saint-Germain, mesmo depois da chegada de Neymar. As oitavas de final, um bloqueio intransponível. Mas o cenário é diferente nesta terça-feira. O PSG tem pela primeira vez o craque brasileiro em plenas condições para se aproximar mais do título europeu, maior sonho de consumo do clube. O Borussia Dortmund que se cuide no Westfalenstadion - o GloboEsporte.com transmite o confronto em Tempo Real às 17h (de Brasília).
- Neymar está aqui e está se sentindo bem. Ele vai jogar. Obviamente, para nós muda tudo se ele jogar, espero que seja algo muito positivo - afirmou o técnico Thomas Tuchel, em entrevista coletiva.
Neymar no treino do PSG de reconhecimento do gramado do estádio do Borussia Dortmund — Foto: EFE/EPA/SASCHA STEINBACHNeymar no treino do PSG de reconhecimento do gramado do estádio do Borussia Dortmund — Foto: EFE/EPA/SASCHA STEINBACH
Neymar no treino do PSG de reconhecimento do gramado do estádio do Borussia Dortmund — Foto: EFE/EPA/SASCHA STEINBACH
É fato que o brasileiro não atua desde o dia 1º de fevereiro, poupado dos últimos quatro jogos por causa de um problema na costela. Mas ele vem treinando normalmente e não preocupa a comissão técnica. Foi preservado justamente para estar inteiro nesta terça.
O desempenho dele nos últimos meses merece destaque: Neymar está com a sua segunda melhor média de participação em gols desde que chegou à Europa. São 15 gols e nove assistências em 18 jogos oficiais. Nesta temporada, ele tem uma participação direta (gol ou assistência) a cada 64 minutos, desempenho que só fica atrás do primeiro ano dele no PSG - uma participação a cada 60 minutos.
Desempenho de Neymar na Europa
TemporadaJogosGolsAssistências
2019/2020 (PSG)18159
2018/2019 (PSG)282311
2017/2018 (PSG)302817
2016/2017 (Barcelona)452019
2015/2016 (Barcelona)493120
2014/2015 (Barcelona)51397
2013/2014 (Barcelona)411511
Com Neymar bem fisicamente, o PSG espera finalmente avançar às quartas de final da Champions, o que não aconteceu desde que o brasileiro chegou a Paris. Na temporada passada, ele ficou fora dos confrontos contra o Manchester United. Na anterior (2017/2018), só participou do primeiro jogo contra o Real Madrid. O Paris Saint-Germain vem de três eliminações seguidas nas oitavas, a primeira delas na incrível "Remontada" do Barcelona, com Neymar do outro lado.
O adversário desta vez será o Borussia Dortmund, da jovem dupla Sancho e Haaland. Juntos eles somam 53 gols e 25 assistências nesta temporada. Mas o Paris Saint-Germain também terá em campo Mbappé, autor de 24 gols e 15 assistências no mesmo período.
E, claro, Neymar. Agora 100% para ser o protagonista.

Liverpool: Hora de Champions

Defensor do título da Liga dos Campeões, o Liverpool volta as atenções para a competição continental nesta terça-feira depois de consolidar uma incrível vantagem de 25 pontos na liderança no Campeonato Inglês, principal objetivo na temporada. O oponente nas oitavas de final será o Atlético de Madrid, com o primeiro jogo no Estádio Metropolitano, justamente o palco do título europeu no ano passado - o GloboEsporte.com também transmite em Tempo Real às 17h (de Brasília).
- Nós sabemos que vivemos um momento especial na Premier League e que estamos jogando bem, mas a Champions League é uma outra competição. É um torneio mata-mata. Qualquer vacilo pode ser fatal, porque você não tem tempo para se recuperar. Vamos enfrentar o Atlético de Madrid, que já provou nas últimas temporadas que é um dos times mais difíceis de ser batido da Europa - disse o goleiro Alisson.
Fabinho e Roberto Firmino voltam ao palco da conquista do título europeu, no reconhecimento do gramado pelo Liverpool, em Madri — Foto: Andrew PowellFabinho e Roberto Firmino voltam ao palco da conquista do título europeu, no reconhecimento do gramado pelo Liverpool, em Madri — Foto: Andrew Powell
Fabinho e Roberto Firmino voltam ao palco da conquista do título europeu, no reconhecimento do gramado pelo Liverpool, em Madri — Foto: Andrew Powell
Enquanto isso, o Atlético de Madrid não atravessa bom momento - só uma vitória nos últimos sete jogos, sendo três derrotas. O técnico Diego Simeone não pode contar com Trippier, Herrera e João Félix, todos lesionados. Pelo menos deve ter a volta do centroavante Diego Costa, que não disputa uma partida oficial desde o dia 10 de novembro. Um cenário que acaba pesando a balança do favoritismo para o Liverpool.
- Uma equipe que no último ano quase não perdeu é merecidamente um favorito. Amanhã eles são favoritos, mas isso não significa que vamos cruzar os braços e fazer nada. Queremos fazer o nosso melhor jogo possível, o nosso melhor na temporada e chegar vivos na partida de volta - disse o goleiro Oblak, que elogiou Alisson, em entrevista coletiva.
Jogadores do Liverpool no gramado do Estádio Metropolitano de Madrid — Foto: Andrew Powell/Liverpool FCJogadores do Liverpool no gramado do Estádio Metropolitano de Madrid — Foto: Andrew Powell/Liverpool FC
Jogadores do Liverpool no gramado do Estádio Metropolitano de Madrid — Foto: Andrew Powell/Liverpool FC

Fonte: G1

radioprogresso

0 comentários:

Postar um comentário