busin
Ciências e Saúde

Saiba como usar a tecnologia com equilíbrio





O celular faz parte da vida de muita gente. O Brasil é o terceiro país no mundo em que as pessoas passam mais tempo conectadas. Mas existe vício em tecnologia, internet? E como saber se você é dependente da internet?
O psicólogo Cristiano Nabuco explica que existem comportamentos que podem indicar uma dependência da tecnologia:
  • Preocupação excessiva em estar conectado
  • Necessidade de aumentar o tempo conectado
  • Instabilidade emocional quando o uso é restringido
  • Coloca em risco o trabalho, estudo e relações
  • Mente a respeito do tempo de conexão
  • Irritabilidade
  • Permanece mais tempo conectado do que planejado
  • Tenta diminuir o tempo de uso, mas sem sucesso
As novas gerações são muito digitais e para os pais é um desafio impor limites em relação ao tempo de uso das telas. "Hoje os pais acabam dando o celular de uma maneira praticamente irrestrita. É como se o celular ocupasse o espaço de outras brincadeiras que nós tínhamos em épocas anteriores. Na medida em que a criança só utiliza os dispositivos digitais, isso se torna um problema depois, se você inserir outras brincadeiras", alerta o psicólogo.
Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) e a Sociedade Brasileira de Pediatria, a criança com menos de dois anos não deve usar telas; de dois a cinco anos, a exposição deve ser de uma hora; e crianças com mais de cinco anos podem ficar até duas horas.

Identificando os sinais de abstinência pela falta do celular

"Os sintomas de abstinência se relacionam com irritabilidade, choro, agitação, tristeza. A pessoa fica triste por não ter mais o que tinha e acaba ficando desamparada", diz Nabuco.
Em crianças, os sinais são: irritabilidade, birra, choro e problemas de sono.
Em adolescentes, os sinais são: inquietação ou irritabilidade, tristeza, alteração de humor e ansiedade.

Como tratar a dependência de internet?

O tratamento é feito com acompanhamento psicológico e orientações de como proceder para que a criança/jovem usar menos celular. Em casos extremos, são necessárias medicações, pois alguns jovens dependentes também sofrem de depressão.
 — Foto: Comunicação/Globo — Foto: Comunicação/Globo
— Foto: Comunicação/Globo

Ouça o podcast do Bem Estar

O Bem Estar agora tem um podcast. Toda quarta-feira um novo assunto sobre saúde e qualidade de vida.
Você pode ouvir Bem Estar no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga Bem Estar para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.
Fonte: G1

radioprogresso

0 comentários:

Postar um comentário