busin
Esportes

Futebol cearense adota solidariedade durante pandemia


Cestas básicas serão doadas para ex-jogadores atualmente sem rendaDivulgação
Em momentos de crise como a que vivemos devido ao novo coronavírus, solidariedade e empatia são sentimentos que devem nortear as atitudes individuais para um bem estar coletivo. E um dos exemplos no esporte veio de jogadores de Ceará e Fortaleza, em ação idealizada pelo Sindicato dos Atletas de Futebol do Estado do Ceará (Safece), ao contribuírem com 150 cestas básicas a ex-atletas de Fortaleza, Sobral e Cariri, que serão entregues hoje.
O presidente do Safece, Marcos Gaúcho, explicou que a distribuição será com todo cuidado, sem aglomerações. "Serão entregues hoje, 30 cestas básicas para Sobral, onde o ex-atacante Vanderley vai distribuir, 70 cestas básicas no Cariri, onde o ex-atacante Jean e o ex-volante Jonas, vão fazer as distribuições. Em Fortaleza, vamos distribuir 60, incluindo atletas do futebol feminino. Os atletas de Ceará e Fortaleza atenderam nossa convocação para ajudar e todos estão contribuindo, entre eles, Osvaldo, Ricardinho, Marcelo Boeck, Diogo José, Fernando Prass, Luís Otávio", disse.
Em seguida, Marcos Gaúcho destacou que o futebol feminino estará incluído no jogo da solidariedade. "Temos que olhar para o futebol feminino também".
Continuidade
Para Gaúcho, ajudar neste momento é muito importante e, caso seja necessário mais contribuições nos meses seguintes, ele buscará viabilizar com os atletas. "Eu espero que outros jogadores se contagiem com essa solidariedade.
O movimento é muito bonito e muito necessário. Caso preciso, no mês seguinte, faremos outra ação como essa. O importante é estar colaborando com quem precisa. Se ex-jogadores de outras localidades precisarem de auxílio, como Pacajus, Horizonte, entre outros, podem entrar em contato conosco e o jogo continua. Agora é o jogo da solidariedade".

Fonte: DN

radioprogresso

0 comentários:

Postar um comentário