busin
Ceará

Governo antecipa pagamento de piso salarial a 26 mil professores da rede pública do Ceará

 

Governo antecipa pagamento de piso salarial a 26 mil professores da rede pública do Ceará

Em anúncio online, na manhã desta terça-feira (8), governador Camilo Santana confirmou de 26 mil professores serão beneficiados

Cerca de 26 mil professores ativos, inativos e temporários da rede estadual de educação do Ceará receberão pagamento adiantado do piso salarial, pauta inserida na Campanha Salarial de 2020 da categoria. O anúncio foi feito pelo governador Camilo Santana, na manhã desta terça-feira (8), por meio das redes sociais.

“Decidimos antecipar o pagamento, serão aproximadamente R$ 34 milhões. Além disso, terça-feira que vem, estará na conta dos servidores a segunda parcela do 13º salário. Somando os salários de novembro, dezembro e o 13º, são R$ 2,5 bilhões injetados na economia do Ceará nesse final de ano”, comemora o gestor estadual.
Anízio Melo, presidente do Sindicato Apeoc, que representa dos Servidores da Educação do Estado, classificou a ação como “importantíssima”, principalmente diante da pandemia de Covid-19. “Garantir a injeção desses recursos na economia e no bolso de professores e professoras que tanto lutaram nessa pandemia, sempre online, sempre atuando, é uma esperança”, declarou.

O presidente da entidade aproveitou ainda para cobrar a convocação de professores aprovados no último concurso realizado para a Secretaria da Educação (Seduc). Em resposta, o governador Camilo Santana afirmou estar “negociando a quantidade de profissionais chamados” e “estudando para que a convocação seja feita no período que foi acordado, janeiro de 2021″. 

Chips

Durante o anúncio, que contou também com a presença da vice-governadora Izolda Cela e da titular da Seduc, Eliana Estrela, Camilo relembrou ainda a sanção da lei que garante chips de internet para alunos da rede estadual de ensino. “Amanhã (4), já iniciaremos a distribuição para mais de 370 mil estudantes”, frisou.

Outro projeto mencionado pelo gestor foi a lei que pretende comprar e distribuir um tablet para todo estudante que ingressar no ensino médio estadual. “Já está na Assembleia Legislativa. Será um passo importante para garantir conectividade durante todo o ensino médio. Vimos, com a pandemia, que isso é fundamental”.

Foto: Divulgação

Fonte: Diário do Nordeste

Fagner Soares

0 comentários:

Postar um comentário